Sequência de Fibonacci ou Proporção Áurea?



Você conhece a Proporção Áurea?


Já ouviu falar em Sequência de Fibonacci?


E se eu te dissesse que essa poderosa sequência matemática se encontra em praticamente tudo na natureza e pode nos dar algumas pistas sobre a origem da vida?


Leia esse artigo até o final para se surpreender com esse tema.


Em um artigo anterior, discutimos o significado da espiral, e agora vamos descobrir um pouco mais sobre a proporção que dá origem à esse desenho mágico. Se quiser ler o artigo completo sobre a espiral e o que ela representa, é só clicar no link abaixo.



Quero ler o artigo O que está por trás do Símbolo da Espiral? Qual o Poder de Influência que ele tem?



O artigo acima completará a explicação que será dada aqui - é importante que se faça a leitura dele também.





Sequência de Fibonacci ou Proporção Áurea?



Não sei se você já reparou como tudo na natureza e no universo é matematicamente perfeito. Se ainda não havia reparado, pode ficar tranquilo(a), isso já foi feito por grandes matemáticos, filósofos e artistas como Fídias, Euclides, Platão e Leonardo Fibonacci.


Enfim, tudo - absolutamente TUDO - que é natural, desde átomos, plantas, seres humanos, ondas, embriões e até galáxias, segue uma mesma proporção, uma mesma sequência matemática.


E é a essa sequência que damos o nome de Sequência de Fibonacci ou Proporção Áurea.


E por que existem dois nomes?


Porque essa proporção foi percebida em momentos diferentes, por diferentes pessoas. Porém, significam exatamente a mesma coisa.


Primeiro, o escultor grego Fídias (que viveu por volta de 480 a.C.) fez uma descoberta. Ele percebeu que, simplesmente, tudo na natureza segue uma proporção numérica e a chamou de proporção áurea.


Depois, foi a vez do matemático Leonardo Fibonacci. Ao observar o crescimento da população de coelhos, ele percebeu que esse crescimento também seguia uma sequência numérica.


Essa sequência de números misteriosamente aparece em todos os fenômenos da natureza. É uma sequência infinita e começa com 0 (zero) e 1 (um). Daí em diante, os números seguintes são sempre a soma do dois números anteriores.


Somando o 0 (zero) com 1 (um), temos 1 (um); somando 1 (um) com 1 (um) temos dois; depois 3 (três), 5 (cinco), 8 (oito), 13 (treze), 21 (vinte e um), 34 (trinta e quatro), e assim sucessivamente…


Isso foi descoberto através da observação do crescimento de uma população de coelhos, mas funciona da mesma maneira para o crescimento de muitos outros eventos naturais, como por exemplo uma árvore.


Dê uma olhada no crescimento das plantas. Elas seguem exatamente essa sequência, 1 (um), 2 (dois), 3 (três), 5 (cinco), 8 (oito), 13 (treze), 21 (vinte e um), e assim por diante. E isso funciona para muitas coisas.


O mais legal é que, se a gente dividir qualquer número da sequência pelo seu anterior, termos um número muito, mas muito próximo de 1,618. Este é o número da proporção áurea.


Se transformarmos os números dessa sequência em quadrados e retângulos, e organizá-los de maneira geométrica, é possível traçar uma espiral perfeita (que também aparece em diversos organismos vivos, como está descrito no artigo anterior sobre a Espiral).





Se todos os Elementos da Natureza seguem essa mesma Proporção Matemática, será que tudo é realmente uma Coincidência?


Será que a vida é mesmo uma obra do acaso?


Bom, para muitos, essa proporção é a maior prova da existência de Deus - um ser mentalmente superior, que planejou cada elementos do nosso universo. Para nós, basta levar em consideração que, cada átomo, cada onda, ou seja, tudo na natureza foi projetado por uma mente.


Você pode até não acreditar na existência de um ser divino, mas com essa proporção matemática presente em tudo que existe, não tem como negar que tudo está sob uma grande mente.


O que se alinha exatamente com a primeira lei hermética. Quer saber qual é esta primeira lei hermética e quais são as outras? Clique no link abaixo para ser redirecionado(a) para nosso artigo completo sobre cada uma dessas leis e como colocá-las em prática na sua vida.



Quero ler os artigos As 7 Leis Herméticas colocadas em Prática (Parte 1) e As 7 Leis Herméticas colocadas em Prática (Parte 2)



O importante é que percebamos que existe um padrão na criação, e sabemos que a matemática é apenas uma linguagem que traduz essa complexa expressão da natureza.


Outra coisa interessante para saber: qualquer medida que siga a proporção áurea será essencialmente bela, porque é assim que interpretamos visualmente as coisas. Portanto, essa sequência foi e é muito utilizada na arquitetura e em obras de artistas renomados, como Leonardo da Vinci, Michelangelo, Botticelli e muitos outros.


Afinal a arte imita a vida. E a vida, inegavelmente, segue uma proporção matemática organizada.


Se isso explicada Deus? Não temos como afirmar. Mas que levanta um enorme leque de discussões, isso é inegável.





Reflexão



Gostaria de indicar dois livros que lhe ajudarão a entender esse conceito. “A Razão Áurea: A História de Fi” de Mario Livio e “A História da Beleza” de Umberto Eco.


Se você tem alguma empresa, ou está criando uma, nós do Artétipos oferecemos a criação de um Design Arquetípico, no qual além de utilizarmos a proporção áurea na criação de logos e marcas para a sua empresa, também nos baseamos em arquétipos e informações arquetípicas para o sucesso de sua empresa.


Se quiser saber mais sobre o Design Arquetípico e sobre a aplicação de símbolos e arquétipos ao seu negócio entre em contato com a gente através do link abaixo:



link para solicitar Design Arquetípico



E se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.


Abraços fraternos,

Lucca Ferronatto.

143 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110