Porque devemos seguir nossa Intuição e os 3 Estágios de uma Ideia



Por que devemos ouvir a nossa intuição, mais do que qualquer coisa e acima de tudo?

A minha intuição me disse, há mais ou menos um ano atrás, que eu deveria fazer um trabalho como esse que venho fazendo hoje.


A minha intuição falou: "Você estuda muito arte, Tarot, símbolos, arquétipos; por que você não faz um trabalho compartilhando com as pessoas esse seu conhecimento? Porque, às vezes, você pode tocar uma pessoa e ela pode dessa maneira se observar e se autodesenvolver a partir do conhecimento que você decidiu compartilhar."


Eu pensei que era realmente necessário que eu fizesse um trabalho como esse. Já que eu sou artista e tarólogo; eu gosto de símbolos, de arte, de buscar ao máximo e mergulhar no inconsciente, poder ver o que tem lá dentro e entender meus complexos e meu problemas. Essencialmente, eu gosto muito de me observar.


Quando decidi que queria fazer esse trabalho, e que queria resgatar uma pesquisa de mais de 30 anos da Dra. Mabel, fui atrás dela para conversar e disse que gostaria muito de fazer esse trabalho e que houvesse a participação dela. Mas como poderíamos colocar isso em prática?


Nesta conversa, ela me passou uma mensagem muito interessante - que agora compartilho com você.






Três estágios de uma Ideia


Surge uma ideia em sua mente, algo que está em sua intuição, uma vontade. Você então constata que quer e precisa fazer algo. A partir dessa constatação, existem três fases de aceitação de uma ideia:


  1. Primeira Fase: a ideia é ridicularizada. Todos riem do que você está falando, até te chamam de maluco;

  2. Segunda Fase: a ideia é totalmente rejeitada. Após você começar a apresentar resultados, as críticas surgem, dizendo que tudo aquilo que você está expondo é errado. A sua ideia passa, assim, a ser combatida pelas pessoas;

  3. Terceira Fase: a ideia é, por fim, aceita. A aceitação da ideia como uma possibilidade, já que todas as ideias não são mais do que uma possibilidade.


Quando trabalhamos com certezas absolutas - certo e errado, bem e mal - as coisas se tornam muito difíceis e penosas. Porque se você não segue o modelo e não faz exatamente como ele indica, você está errado.


E isso me lembra de algo que uma grande amiga me disse: "Todos controlam a todos, para que ninguém faça o que todos gostariam de fazer".






A Tentativa de Controle



Reflita sobre a frase acima e veja como o ser humano realmente está tentando controlar o outro, para que nenhum dê um salto (que é aquilo que todos gostariam de fazer). O indivíduo precisa da ilusão de controle, precisa achar que tem o controle sobre algo.


Mas, então, por que seguir a sua intuição?


Um bom exemplo dessa tentativa de controle é o que costuma acontecer com os artistas. Se você observar, quando mencionamos o arquétipo do Artista, o seu lado sombra apresenta a melancolia, a depressão, a rejeição, a tristeza, a improdutividade como características. Por que isso acontece? Você já tentou ser um artista?


Para saber mais sobre o arquétipo do Artista, suas características luz e sombra, você pode assistir ao vídeo em nosso canal de YouTube.


Não sei se você tem o arquétipo do Artista como o seu regente ou já ativado em si, ou se você possui a personalidade de um artista, mas os artistas - na nossa sociedade - quando querem se expressar, são restringidos.


"Isso não dá dinheiro, isso não dá futuro, isso é coisa de vagabundo..." é o que costumam ouvir. Ao falarmos isso, reprimimos o artista. A pessoa precisa seguir a sua intuição, que diz para ele/ela ser um(a) artista (ou o que quer que seja).






Reflexão



Isso é algo muito importante para ser observado!


Minha maior dica é: faça o que a sua intuição manda. O mundo pode estar do avesso, tudo pode estar ruindo, mas você estará com o sentimento de amor porque você sabe que está fazendo aquilo que realmente deveria estar fazendo.


Quando estou aqui escrevendo para você, eu estou realizando o que minha intuição pede para que eu faça. "Lucca, faça arte, busque interpretá-la, busque interpretar o Tarot, os arquétipos, os símbolos e compartilhar com as pessoas". Isso é o que a minha intuição manda eu fazer.


O que faço aqui é compartilhar a minha experiência com você. Não que ela vá ser boa, mas você pode pegar um pouco da minha, um pouco da experiência de outra pessoa, um pouco da sua e, assim, montar a sua própria verdade.


Então faça o que sua intuição manda. Não faça o que os outros estão dizendo. Se lhe recriminarem ou ridicularizarem, ignore e solte. Continue a fazer o que a sua intuição dialogou contigo, porque isso gera o sentimento de amor, alegria, tesão.


A sua intuição conversa com você a todo instante. Ouça a sugestão dela, você verá como um universo de possibilidades se abrirá.


Quer saber o que a sua intuição está te dizendo? Uma maneira de se conectar com a sua Essência, com o Divino, com o Todo e gerar esse diálogo é através das Mandalas Pessoais. Ficou interessado(a)? No link abaixo você poderá solicitar a sua Mandala, feita única e exclusivamente para você!


Quero a minha Mandala!


Espero que isso possa te tocar e faça com que você se expresse e deixe a sua intuição falar por você, e a siga. Porque a sua intuição é um fluxo, que se seguido desembocará em um mar de realizações.


O momento é agora.


Abraços fraternos,


Lucca Ferronatto

0 visualização
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110