Por que Não consigo Ativar Arquétipos?



Essa é uma clássica pergunta: “Por que não consigo ativar os arquétipos na minha vida?”


Precisamos entender a diferença entre duas coisas:


  • uma coisa é ativar arquétipos;

  • outra, é vivenciar arquétipos.


Por exemplo: ao colocar a águia, que representa visão de longo alcance e liderança, em sua sala...você se tornará um(a) líder? Não necessariamente. O seu inconsciente será influenciado sim por essa imagem, você ativará então essa influência em você - mas somente isso, sem prática não há ativação de arquétipo.


Arquétipo não é mágica. Se fosse assim, seria muito fácil.


Ele, quando visualizado através de um símbolo, cria uma influência em você, mas isso não faz com que você o vivencie.


É como se fosse tivesse feito o download de um programa. Se você não clicar no programa para o executar no seu computador, de nada adiantará. Se você não interagir com ele, não lhe der informações, ele não rodará sozinho.


É a mesma coisa com os arquétipos.




Como faço para Vivenciar um Arquétipo?


É simples. É através da vivência que você irá ativá-lo, através de um processo de incorporação deste arquétipo - algo parecido com o processo de atuação.


Uma curiosidade: tenho uma amiga atriz que estava atuando em um papel de mãe em busca de seu filho. Ao visitar a sua casa, percebi que ela tinha excelente ferramentas de ativação arquetípica.


Vou explicar. O papel representado por ela era de uma mãe que queria trazer seu filho de volta. Ela, em seu processo de atuação, passou a trocar cartas com a própria personagem, ou seja, criou a existência da personagem e do arquétipo da Mãe que ela buscava vivenciar.


Ela desenhou a sua personagem e o colocou o desenho na parede, para que assim pudesse olhar para ele todos os dias. Ela agia da maneira como a personagem agiria.


Portanto, o processo de ativação arquetípica é como um processo teatral. É um processo de incorporação de uma personalidade.


Mais um exemplo: você quer ativar o arquétipo do Herói, aquele que parte em busca de seus objetivos, que tem o controle sobre a própria vida - a carta 7 do Tarot, o Carro -, que batalha para conquistar o que quer, que têm sucesso e plenitude.


Como você irá ativar ele em sua vida? Se você quer ter controle, ter domínio, sobre a sua própria vida você necessita primeiramente tomar as rédeas da sua vida - na prática. Você precisa incorporar essa prática.


Se você quer se tornar um(a) líder, vista-se como líder, tenha a postura corporal de líder, fale com um(a) líder falaria, busque informações sobre personalidades de liderança da sociedade, buscando se assemelhar o máximo possível à eles/elas...ativação arquetípica não é mágica, é prática - e isso serve para qualquer arquétipo.


Para desenvolver uma personalidade melhor em si mesmo(a), você precisa agir. Tem que ser através da ação, da prática, da imersão.


Você não precisa ativar um arquétipo em sua totalidade, tudo é um arquétipo. Existem tantos arquétipos quantas as coisas existentes. Para ativar o arquétipo do amor (por exemplo), ame as pessoas ao seu redor.


Ame incondicionalmente, além de qualquer outra coisa, independentemente do que uma pessoa possa fazer. Você não necessita do amor correspondido, mas mesmo assim você dá amor - para qualquer pessoa, seja ela boa ou não.


Em nosso projeto, trabalhamos 22 arquétipos como a Jornada Épica que o ser humano vive, o ciclo da vida - relacionados aos 22 arcanos do Tarot.


Podemos ativar os 22 arquétipos? Podemos.


Você consegue ter todos ativos de uma vez? Seria o ideal, mas é difícil conseguirmos vivenciar 22 personalidades de um só vez.


Mas você pode assumir características de cada uma dessas personalidades? Sim! Essa é a ideia, é você juntar os aspectos-luz e as características positivas de cada arquétipo e incorporá-los em você.


Você não precisa incorporar um arquétipo em sua totalidade, você não é uma coisa só, você é um ser plural. Você pode ativar várias características em si mesmo(a), mas para isso é necessário saber se você consegue sustentar esses arquétipos - além de vivenciá-los, claro.





Reflexão



O que importa é a sua experiência, o quanto você está experienciando de cada arquétipo. O quanto você está se permitindo viver tais características que você tanto busca?


Existem várias opções para ativação arquetípica:


  • filmes;

  • livros;

  • afirmação;

  • músicas;

  • mitologia…


Ao fazer o Mapa Arquetípico®, você terá acesso à diversos artifícios de ativação para que assim você comece a mergulhar na realidade do arquétipo e, então, ativá-lo.


Você precisa conhecer toda a realidade do arquétipo, seja ela luminosa ou sombria. Você precisa colocar as ações em sua rotina, em seu dia a dia. Aí sim você irá ativar os arquétipos, você verá a diferença que ele pode fazer em sua vida.


Símbolos são reforço de intenção, ele mexerá com o seu inconsciente. Se você estiver trabalhando o seu consciente, o Todo do seu ser ativará o arquétipo. Não só uma parte ou a outra, são as duas juntas.


O Mapa Arquetípico® é um verdadeiro mapa que mostra o caminho para você viver, da melhor forma, o arquétipo que lhe rege.



Se quiser fazer seu Mapa Arquetípico®, acesse o link:

https://www.artetipos.com/euqueroomapaarquetipico



E se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.


Abraços fraternos,

Lucca Ferronatto

150 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110