Parte 1: Quais arquétipos ativar para cumprir suas metas de ano novo?

Atualizado: Jan 10


Muito se fala sobre as metas de ano novo neste período de fim de ano, inclusive listamos em um artigo anterior vinte e dois “porquês” das metas não serem transformadas em realidade por você.


Quero ler o artigo “22 Erros que impedem suas metas de serem realizadas”


Seja qual for o seu objetivo para o ano que está para começar: sair das dívidas, ter um novo relacionamento, emagrecer, fazer exercícios físicos, mudar de profissão, aprender um idioma, iluminação espiritual, enfim, não importa qual o tipo e o tamanho da meta, você pode falhar em muitos pontos e tudo acabar em promessa não cumprida, que fica para o outro ano, quem sabe...


Agora vamos repassar cada um dos erros - mais especificamente, os onze primeiros - e mostrar qual arquétipo deve ser ativado para lhe ajudar a corrigir o engano e porque aquele exato arquétipo deve ser escolhido.


Vamos lá?





Como corrigir estes erros?



Erro número 1: Você não acredita em si mesmo. Talvez porque você já tenha falhado algumas vezes ou porque alguém lhe disse que você não seja capaz ou merecedor. Só que sem confiar, é impossível realizar qualquer coisa. Quando você era criança aprendeu a andar porque confiou em si mesmo, e na pessoa que estava ali presente, lhe ajudando. Sem voltar a confiar plenamente em você e na vida, você vai ficar paralisado, deixar de crescer, conhecer pessoas e coisas novas.


Então, qual arquétipo escolher? O arquétipo do Puro, porque ele vai lhe devolver a confiança, o otimismo, a esperança. Vai estimular sua curiosidade e a vontade de experimentar a vida e assumir o seu papel nela. Assim, você terá energia para iniciar sua jornada em direção à realização do que deseja.



Erro número 2: Você está sem iniciativa.Toda jornada começa com o primeiro passo, esse é o mais importante porque vai lhe tirar da inércia. Por isso também é o mais difícil, mas depois de dado esse primeiro passo, as coisas começam a ficar mais fáceis. Um dos maiores problemas do ser humano é a procrastinação, que é o hábito de deixar tudo para depois. Só que esse depois nunca chega e as coisas atrasam, se acumulam, causando ansiedade e sentimento de culpa.


Qual arquétipo escolher para ativar? O arquétipo do Mago, porque ele trabalha a iniciativa, te leva a sair da zona de conforto, estimulando a proatividade e a força de trabalho. Além disso, vai estimular o seu poder de comunicação e a capacidade de organizar o que necessita para dar o próximo passo em direção ao seu objetivo.



Erro número 3: Você não usa sua intuição. Sim, você pensa demais, fica só no mental, tentando resolver tudo através do raciocínio. Consequentemente, acaba com a mente confusa, andando em círculos e agindo precipitadamente. Nem sempre o intelecto traz as respostas de que você precisa, porque ele está contaminado com crenças limitantes, tabus e preconceitos. Saiba que a vida lhe deu uma outra qualidade importante que é a intuição, aquela voz interior que lhe guia sempre para o melhor caminho, porque ela é a voz da sua essência divina.


Qual arquétipo escolher neste caso? O arquétipo da Sacerdotisa, porque vai abrir seu canal de intuição, trabalhar sua paciência e estimular a sua conexão com o sagrado que existe em tudo. Quando isso acontece, um mundo novo se abre, cheio de oportunidades e crescimento.



Erro número 4: Você não tem amor próprio. Por alguma razão, você não se ama, não se valoriza o bastante. Seja porque não recebeu amor e aprovação suficiente na infância, seja porque você interpretou que não recebia o que precisava, porque não era merecedor. Isso causou uma carência de afeto muito grande, que você tenta compensar a todo custo. Quando não nos amamos e não cuidamos de nós, é mais difícil amar o outro, porque só podemos dar o que damos primeiro a nós mesmos. Quando passa a se amar, a se respeitar e se cuidar, o mundo tende a lhe tratar da mesma forma.


Qual arquétipo pode melhorar isso? O arquétipo da Mãe, porque estimula o amor incondicional, a nutrição de si mesmo e do outro, a beleza e a criatividade. Além disso, promove prosperidade em todas as áreas da vida, a colheita farta e a abundância.



Erro número 5: Você não sabe negociar e por isso perde grandes oportunidades. Negociar é uma arte. Você pode negociar tudo nesta vida, mas tem que aprender como fazer. A grande questão é que a maioria das pessoas quer ganhar todas as disputas, são movidas por seus egos, buscam somente os próprios interesses, querem marcar território, dominar tudo e todos. Essa é a causa da miséria humana, das guerras e da infelicidade que reina nos quatro cantos do mundo. Só há uma maneira de ganhar sempre, é quando você enxerga o outro como parte de você e só assim cessam as disputas de poder. Quando você adota essa postura, vai trabalhar para que as duas partes ganhem.


E qual arquétipo escolher para mudar isso? O arquétipo do Líder, que estimula em você a capacidade de negociar e de guiar positivamente outras pessoas para que manifestem o que há de melhor nelas. Além disso, lhe dá visão estratégica que é fundamental para atingir suas metas.



Erro número 6: Você não tem disciplina. Sem disciplina não se consegue nada de importante na vida. Se você quiser se tornar um verdadeiro mestre em qualquer atividade é preciso se comprometer de corpo e alma com aquilo. E por que a disciplina é uma das suas maiores dificuldades? Porque você associa disciplina com esforço, e o esforço tem uma conotação emocional de sofrimento, de perda, de dor. Por isso é preciso dar o significado correto à disciplina, que é dedicação e não esforço. Outra questão é que, para fazer o que tem de ser feito, é preciso enxergar o ganho que terá mais lá pra frente. Plantar para depois colher.


Qual arquétipo ativar? O arquétipo do Mestre, pois ele estimula em você a ter mais disciplina, a ter mais compromisso e envolvimento com suas metas. Além do mais, o Mestre trabalha a inteligência, o autodomínio, o poder espiritual e a fé em algo maior do que nós mesmos.



Erro número 7: Você não quer escolher. Esse é um grande problema porque, quando não escolhe, alguém acaba escolhendo por você. Viver é eleger prioridades, por isso é de extrema importância que você se posicione em tudo na vida, escolha o que é mais importante e não o que é mais fácil. Deixe claro para as pessoas e para você mesmo o que você aceita ou não, o que gosta ou desgosta. Não dá para ficar em cima do muro, pois esta atitude de ambiguidade atrasa sua vida. Podemos até mudar de opinião ou de gosto ao longo da vida, mas isso precisa ficar claro, porque o universo não funciona com “talvez” ou “tanto faz”.


Qual arquétipo lhe ajudará a ser mais assertivo? O arquétipo do Amante, porque ele estimula a nossa capacidade de fazer escolhas, através da voz do coração. Toda escolha envolve uma renúncia, por isso, o melhor é usar o amor como guia.



Erro número 8: Você não assume o controle da própria vida e essa é uma receita certa para o fracasso no cumprimento de suas metas. Quando entrega sua vida nas mãos do outro, deixando de atuar como comandante do seu destino, você está renunciando a uma vida memorável. Você pode contar com a ajuda de outras pessoas nas quais confia, só não pode deixar que elas determinem o rumo de sua caminhada. Sua alma precisa viver certas experiências para que sua encarnação seja vitoriosa. Só você pode vivê-las, seja matando os dragões ou retornando com os louros da vitória.


E qual arquétipo escolher neste caso? O arquétipo do Herói, porque ele lhe incentiva a viver a jornada do herói, que é a jornada da sua própria vida, com tudo o que há nela: as buscas, as perdas e as conquistas. Esse arquétipo conecta você com a coragem de fazer o que for preciso, com a direção certa a tomar.


Se quiser entender melhor o que é a Jornada do Herói, deixarei aqui o link para um artigo completo e com um exemplo sensacional da cultura pop.



Erro número 9: Você julga demais. Esse é um hábito muito arraigado na maioria das pessoas. Sim, julgar é um hábito que foi aprendido e estimulado quando você ainda era uma criança. O problema é que normalmente você não julga com imparcialidade, simplesmente porque você não tem todas as peças do jogo, não consegue ver todo o cenário. Quando julgamos apenas usando nosso ego como juiz, é certo que vamos falhar. Cada pessoa é o que pode ser naquele momento, não há como forçar uma mudança e cada situação que se apresenta é o espelho de escolhas que se fez no passado e das quais muitas vezes você não se lembra. Julgar, condenar e punir sem uma visão ampla gera sofrimento desnecessário e uma reação contrária de mesma intensidade.


Qual arquétipo escolher para mudar essa característica? O arquétipo do Justo, que trabalha o discernimento que se deve ter entre o que é certo e o que é errado. Isso não se refere só à moral e à justiça dos homens, que pode ser falha; mas, principalmente, à ética e à justiça divina, que se baseiam em leis que ordenam o funcionamento do Universo, na inteligência e no amor do Todo (que é pura consciência). O que parece justo aos olhos do homem, nem sempre é justo aos olhos do Todo.



Erro número 10: Você não fez as pazes com o passado e por isso carrega o fardo do que já viveu, e cada vez que lembra daquilo, sofre de novo. A única forma de caminhar leve é perdoando as pessoas, as situações e a si mesmo. Perdão é soltar. e quanto mais solta, menos lembrará do acontecido e menos sofrerá. Mesmo que você ache difícil fazer isso, um dia terá de decidir-se pelo perdão, para que sua vida possa andar novamente. A falta de perdão é uma importante causa da falta de prosperidade, doenças físicas e mentais como a depressão, por exemplo. Por isso, perdoar é uma decisão inteligente, se baseada no entendimento de que cada ação gera uma reação. Nada ficará impune na contabilidade cósmica.


Qual arquétipo escolher para liberar o perdão? O arquétipo do Sábio, porque ele trabalha a lucidez, a necessidade de mergulhar em si mesmo, refletir sobre o passado e, com humildade, dar um novo significado a ele. Ele gera serenidade, autonomia e paciência porque compreende que tudo na vida serve para o aprendizado e o aprimoramento do ser. Sendo assim, não carrega arrependimentos.



Erro número 11: Você depende da sorte. O problema é que não existe sorte nem azar, somente eletromagnetismo. Somos cocriadores da nossa própria realidade e não meros espectadores da vida. Não há sorte, há cocriação consciente. Na vida, os fatos podem parecer imprevisíveis e aleatórios – e, de fato, a vida é assim –, mas são nossas decisões e a maneira com que nos relacionamos com os acontecimentos que vão determinar nossa “sorte” ou “azar”. A ideia de sorte é proporcionarmos mais chances para que o melhor aconteça. E isso ocorre quando usamos corretamente o poder do pensamento e sentimento alinhados à ação inspirada em nossa sabedoria interior.


Qual arquétipo ativar, então? O arquétipo do Afortunado, porque ele estimula você a não deixar as oportunidades escaparem, a estar sempre pronto para mudar o que for preciso em sua vida até conseguir o seus objetivos, a cocriar sua realidade de maneira cada vez mais consciente.





Reflexão



Podemos ver que, muitas vezes, nos autossabotamos e acabamos por não cumprir os objetivos que delimitamos. Mas existe uma maneira de pararmos com esse mau hábito e gerar as mudanças que queremos para nossas vidas.


Essa maneira é através da ativação de determinados arquétipos que nos ajudarão na caminhada para essa nova vida, uma vida de realizações e cumprimento de metas.


“Como eu faço para ativar esses arquétipos?”, você pode estar se perguntando. O link abaixo de levará até o artigo que dá o passo a passo para a ativação de um arquétipo.


Quero ler o artigo “5 Maneiras para Ativar um Arquétipo”


Mas você ainda não sabe qual arquétipo mais tem influência sobre você? Ou quais sombras podem estar te prejudicando?


Temos o instrumento que pode te auxiliar nesse processo de autoconhecimento. O Mapa Arquetípico® é umas das formas para se conhecer de maneira profunda e com maior precisão. O Mapa te dará a chance de descobrir o seu arquétipo regente, seus aspectos luz e seus aspectos sombra, e como cada um dos 22 Arquétipos influenciam sua vida.



Se quiser fazer seu Mapa Arquetípico®, acesse o link:

https://www.artetipos.com/garantirmeumapa



E se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.


Abraços fraternos,

Mabel C. Dias.

609 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110