Os Fatores Ocultos que Influenciam Toda a sua Vida (PARTE 1)



Você sabia que existem influências ocultas que você sofre em sua vida, sem nem mesmo saber que elas estão ali, moldando o seu viver? Elas são inconscientes e determinam o seu comportamento e os resultados que você tem a sua vida - em todas as áreas, seja física, financeira, relacional, mental, profissional, energética e espiritual.


A boa notícia é que é possível reprogramar a sua mente para que seja possível criar uma nova realidade, com muito mais prosperidade e auto-realização, seguindo um método específico.


Existem, dessa maneira, fatores ocultos que influenciam diretamente a sua realidade, e neste artigo você irá aprender como identificá-los na prática!


Também veremos porque esses fatores não são ensinados a grande maioria das pessoas. Além de como recuperar o seu poder pessoal e ter o domínio da sua vida em suas mão novamente.


Acredito que viver uma vida maravilhosa, mesmo no contexto social em que vivemos, é uma arte e também uma ciência. Há um caminho - já trilhado por outras pessoas - que se for seguido corretamente levará, inevitavelmente, à resultados fabulosos.


Todas as pessoas que hoje possuem sucesso já fracassaram várias vezes, mas bastou um salto na consciência e na visão de mundo delas para que tudo começasse a se transformar, para melhor.


Pensa comigo: como seria, para você, viver sem problemas repetitivos e crescendo a cada dia mais? Você se sentiria mais livre? Mais feliz? Mais realizado(a)?





Aviso Importante!!!


Talvez você se encontre em alguma dessas situações:


  • está sempre endividado(a), o dinheiro não entra ou sai com muito mais facilidade do que entrou;

  • está desempregado(a), ou não se estabelece em emprego algum, desconhece o que é satisfação profissional, está sem perspectiva ou estagnado(a) na profissão;

  • está na com a cabeça no passado ou preocupado(a) com o futuro, sofrendo por medo, culpa, ansiedade ou depressão crônicos;

  • tem problemas de confiança e autoestima, tentou mudar diversas vezes mas sem sucesso;

  • tem problemas nos relacionamentos amoroso, familiares, no trabalho ou na sua comunidade;

  • busca por maior significado, por uma conexão com o sagrado da vida mas não tem êxito, não vê sentido no que é material e mundano;

  • sente algum mal-estar persistente ou possui problemas de saúde decorrentes de seu estilo de vida ou por causas emocionais;

  • ou se sente cansado(a), sem energia e motivações para as atividades diárias.


Se você se identificou com alguma (ou algumas) dessas situações, continue lendo este artigo para descobrir como sair dela(s).


Mas também já deixo avisado: se você não quer sair de sua zona de conforto, se acredita que é possível passar o dia inteiro deitado(a) no sofá e obter um resultado satisfatório sem mudar a si mesmo(a), se vitimiza e não se responsabiliza pelo o que acontece em sua própria vida ou tem o interesse de dominar alguma outra pessoa...não indico a leitura.





3 Grandes Lições



Durante a minha vida, aprendi três lições de suma importância.


Primeira: quando nós estamos sufocados com problemas, na maioria das vezes, nós não conseguimos ter clareza suficiente e enxergar a solução. O medo é que dita as regras. Se não pedimos ajudas para aqueles que já passaram pelo mesmo processo que nós e que se saíram bem, a solução fica cada vez mais distante e nos tira a alegria de viver.


Segunda: não adianta “chutar para todos os lados”, agir impulsivamente para ter resultados melhores. Temos sim que reprogramar a nossa mente para o sucesso com informações novas e poderosas, e depois agir inspirados por essa nova informação.


Terceira: estava sofrendo influências ocultas que, por serem inconscientes, estavam fazendo grande estrago em minha vida. Enquanto não descobri quais eram e as trabalhei, as coisas não andaram, por mais que eu me esforçasse.


E é sobre uma dessas influências ocultas, que agem sobre a vida de todas as pessoas (sem exceção), que trataremos aqui.





3 Motivos para Não estar Vivendo o Extraordinário


É preciso compreender que, se você ainda não conseguiu ter uma vida extraordinária, não é culpa sua - posso lhe garantir isso. E são três os motivos pelos quais isso acontece:


Motivo 1: Não ensinam isso em casa.


Nós sabemos que a família é o principal núcleo de nossa sociedade. Em família, o ser humano tem suas primeiras vivências, suas primeiras impressões, crenças sobre o que é certo e errado, o que pode ou não ser feito.


Você já pode ter observado como uma grande maioria das famílias pode ser considerada disfuncional, certo?! Existem sérios conflitos entre os casais, entre pais e filhos, abuso de drogas, violência física ou verbal, abuso sexual e outros problemas que marcam uma criança para o resto de sua vida.


Em família, nós deveríamos experimentar o amor incondicional, o perdão, o acolhimento, a proteção, o estímulo para sermos felizes e prósperos. E quantas famílias estão prosperando e vivendo vidas extraordinárias?


Motivo 2: Não ensinam isso nas escolas.


O sistema tradicional de ensino da maioria das escolas, do jardim de infância à universidade, nos prepara para sermos mais uma peça da máquina, para sermos normais - trabalhar, consumir, pagar contas, competir.


É um sistema que incha nossa mente e nosso ego, aumentando a sensação de separação entre as pessoas, e entre o ser humano e a natureza.


Nós aprendemos muitas coisas que não utilizaremos e, ao mesmo tempo, deixamos de aprender coisas básicas para uma boa convivência, como: educação financeira, inteligência emocional, cultivar relacionamentos gratificantes (para ambas as partes), como ter clareza mental, empreendedorismo, meditação, práticas físicas para alcançar o equilíbrio energético e como nos conectar diretamente com o nosso espírito.


O sistema de ensino nos instrui a sermos robôs e não pessoas pensantes, livres. A ciência, por sua vez, está muito distante no que se refere à estudos de como a realidade realmente funciona, sem preconceitos, levando em conta fatores não-físicos.


A ciência estuda como a matéria (incluindo eu e você) se comporta, o resto permanece intocável.


Motivo 3: Não ensinam isso nas religiões.


A maioria delas está pautada em dogmas e regras que devemos seguir para sermos salvos do pecado. A verdadeira espiritualidade nos liberta porque, em essência, nós já somos livres.


Nós possuímos o livre-arbítrio para escolher as nossas ações e arcamos com as consequências delas. A espiritualidade lúcida nos aponta o caminho da harmonia conosco, com os outros seres e com a natureza, e isso se faz através da expansão da percepção de quem nós realmente somos em essência.


Da conexão direta com o Todo que habita dentro e fora de cada um de nós, sem culpa ou castigo.


E desinformação se estende também à mídia, ao sistema político e econômico, que nos manipula a todo momento a serviço de “meia dúzia” de poderosos - que agem como se fossem donos do mundo.


Isso que estou lhe expondo não para lhe desanimar, pelo contrário, é para que você saiba em qual “terreno você está pisando”, de onde está saindo e onde você quer chegar.


Eu lhe mostro tudo isso para que você aprenda a despertar o poder que há em si de criar uma vida melhor, mesmo estando nesse mundo descrito anteriormente. O conhecimento liberta.


Agora será mostrado como você pode identificar, de maneira simples e prática, quais são as forças inconscientes que estão influenciando a sua vida, para que assim você possa limpar o que é necessário e trabalhar em parceria com tais força, tendo um maior crescimento pessoal e evolução espiritual.


Você pode manter o que já lhe faz bem, o que é positivo e mudar aquilo que está lhe atrapalhando, o que é negativo. Quando caracterizo como positivo, isso inclui tudo aquilo que está à favor do crescimento, da evolução e da fluência divina. E negativo é tudo aquilo que vai contra, que resiste ao fluxo da vida.


O resultado desse conhecimento é mais consciência para cocriar uma vida com mais prosperidade, mais felicidade e autorrealização - tudo o que o ser humano sempre buscou e que poucos atingem.





O Primeiro Fator Oculto: As Crenças



Existem cinco grande fatores ocultos que influenciam a sua mente. E como toda criação nasce na mente, tudo que você cria em sua realidade depende do seu conteúdo mental. Mas existe um porém.


Apenas 5% das escolhas que você faz e do seu comportamento tem base na parte de sua mente que pensa. Os 95% restantes, de suas decisões e comportamentos, depende de conteúdos desconhecidos por você, mas que influenciam os resultados que você tem em sua vida.


Quer você saiba disso ou não. Quer você aceite isso ou não. Os conteúdos ocultos continuam lhe influenciando - tanto para o lado positivo quanto para o lado negativo.


Esse primeiro fator é o que dá a origem dos seus problemas. Você sabia que as suas crenças mais profundas sobre como as coisas são, sobre o certo e o errado, como a realidade funciona não foram resultado da sua vivência, mas sim transmitidas por seus pais, professores, cuidadores ou mesmo pela televisão?


Isso aconteceu na infância, durante os anos de formação da sua personalidade. Só que as crenças que foram passadas para você nessa fase não são, necessariamente, a verdade sobre a realidade.


Ou seja, são interpretações da realidade transmitidas por aqueles que o/a educaram. Não há julgamentos aqui, é apenas um fato a ser constatado e investigado por você.


Tais crenças foram plantadas em seu subconsciente em uma fase da vida na qual a sua mente pensante não estava preparada para selecionar o que é bom ou não para você.


Você sabia que o seu subconsciente aceita tudo o que colocado nele, sem nada questionar? Ele não enxerga a realidade como realmente é, apenas a interpreta conforme os seus conteúdos e condicionamentos do passado. Não há nada de errado com isso, essa é a sua função.


As crenças alheias foram gravadas em seu subconsciente quando você estava totalmente vulnerável à influência das autoridades. E por não questionar as informações que você recebeu, elas se tornam verdade absolutas para você.


Algumas das suas crenças atuais vieram também de suas experiências, aquelas que você teve ao longo de sua vida. Por exemplo, talvez você tenha tido experiências ruins com relacionamentos amorosos e agora acredite que não seja bom se relacionar, se fechando para novas experiências afetivas.


Existem outras crenças muito fortes que você sofre a influência diariamente. Elas vêm dos meios de comunicação (TV, rádio, internet) e também das instituições de ensino, científicas e religiosas.


Por isso não é exagero dizer que, a maioria das coisas na quais você acredita, não lhe pertencem realmente. São apenas visões de mundo incorporadas sem questionamentos por você.


E pense comigo: as suas crenças atuam como filtros sobre como você percebe a realidade, e isso influencia diretamente o seu comportamento. Suas crenças classificam à tudo como sendo “certo” ou “errado”, “real” ou “irreal”, “aceitável” ou “inaceitável”.


Um exemplo: se você introjetou a crença de seus pais de que a vida é uma luta, a sua vida se tornará uma batalha constante. Tudo o que você conseguir será às custas de muito esforço, e essa não é a verdade da vida. É somente uma crença que pode ser mudada, pois existem pessoas cuja vida fluem sem esforço.


Uma crença é muito mais do que um pensamento ou desejo. É um sentimento de certeza, e a certeza cria a realidade. Você se identifica com o que você acredita, dando a falsa impressão de que as suas crenças são uma parte do que você é como pessoa.


Por isso, apesar de simples, trocar as crenças que te limitam pode demorar um pouco, porque você está apegado(a) a elas. Mas é totalmente possível mudar as crenças e esse é o primeiro passo para ter melhores resultados na vida.


A maioria das pessoas possuem um conjunto de crenças limitantes que as impedem de viver o seu potencial, que cresçam e sejam felizes. As crenças que geram em você medo, raiva e/ou culpa lhe impedem de experimentar o sucesso e a autorrealização.


O pior é não ter consciência disso, porque sem saber quais são essas crenças limitantes não há maneira de mudar. As suas crenças determinam a sua vida. O poder delas é enorme e afeta diretamente a sua saúde.


Você conhece o efeito placebo? Ele descreve a associação do benefício físico à algo que é inócuo, por exemplo uma pílula de açúcar. Os pacientes que a tomam são informados de que a pílula irá melhorar a sua condição.


Estudos mostram que cerca de 60% dos pacientes respondem positivamente aos comprimidos placebos. Ou seja, essas pessoas melhoram tomando um comprimido que não tem efeito curativo físico algum.


Isso prova que a crença de uma pessoa sobre um tratamento pode ter um efeito real e benéfico sobre a saúde. Já se sabe que as sensações, os pensamentos e sentimentos podem afetar a química cerebral.


Por sua vez, o sistema neuroquímico do corpo afeta e é afetado por outros sistemas bioquímicos, inclusive o hormonal e imunológico - o que explica o efeito placebo.


Muitas pessoas, mesmo reconhecendo as suas crenças, pouco fazem para mudá-las, pois acreditam ser difícil e até mesmo impossível. Conhece a música “eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim”? Essa é outra grande crença limitante.


Isso, com o passar do tempo, acaba gerando o sentimento de impotência, frustração e fracasso. É preciso lembrar sempre que somos seres magnéticos e atraímos tudo o que pensamos ou sentimos - seja de forma consciente ou, principalmente, de forma inconsciente.


Resumindo...criamos todos os dias, em todos os campos da vida, os resultados que vêm de nossas crenças.


E como podemos perceber o sistema de crenças de uma pessoa? É simples. Através do seu discurso, da maneira como ela se comporta, das suas preferências e aversões, da forma forma como ela trata o outro, do que faz com seus recursos e dos resultados que ela tem tido em sua vida.


Você sabe como funciona o processo de criação da sua realidade? Os seus pensamentos e sentimentos são ondas, com frequências específicas, que são transmitidas para um campo de consciência criativo e, por eletromagnetismo, atraem coisas, pessoas, situações com frequências semelhantes a que você está emanando.


Portanto, você atrai a mesma qualidade do que emana. Você é um campo eletromagnético, que envia e atrai exatamente o que tem em si mesmo(a). A boa notícia é que este campo é totalmente maleável, pode se trocar o seu conteúdo a qualquer momento, para o positivo ou para o negativo.


Basta trocar a sua frequência. E isso é feito através da escolha de novos pensamentos e sentimentos, com os quais passará a alimentar o seu sistema de crenças e o seu subconsciente.


Todos os problemas podem ser resolvidos mudando-se a frequência em que se vibra. Quando algo não vai bem, seja em que área da vida for, é preciso analisar o seu sistema de crença. E pela vida que você leva é possível localizar qual é o seu sistema de crenças.


Não é só o que ouvimos, mas também aquilo que presenciamos quando crianças que nos causam profundas impressões - são infinitas as possibilidades de gravação de crenças limitantes em uma pessoa que não está no domínio total de sua mente.


Depois de gravado em seu subconsciente, o seu sistema de crenças pessoal se comporta como um programa, que irá dirigir a sua vida em todas as situações pelas quais você passar.


Sabemos qual é o sistema de crenças de alguém apenas observando o que lhe acontece, como ela se comporta, os resultados por ele/ela obtido. Sempre que progride e atinge algum desses limites inconscientes, o sistema de crenças é ativado.


Problemas de todos os tipos surgem e ela perde tudo o que já conquistou, voltando ao antigo patamar. Toda vez que ela está progredindo, a pessoa arranja inconscientemente um forma de boicotar o seu crescimento - esse comportamento nós chamamos de autossabotagem.


Tudo aquilo em que você acreditar irá influenciar de maneira grandiosa o seu futuro. O futuro não precisa ser igual ao passado, não importa se você já viveu com determinada crença por anos. Se você quiser, pode substituí-la por uma nova - pouco a pouco você terá novas crenças determinando novos resultados.


O mundo é o que é, existem coisas boas e ruins. Mas a sua realidade é construída baseada no que você enxerga do mundo e como você se sente em relação ao que você está enxergando.


Por essa razão, é muito importante escolher com cuidado o foco de sua atenção, o tempo inteiro. O Universo é pura consciência e ele segue em uma única direção, do progresso, da evolução, do bem-estar, da alegria, do prazer, da beleza, do amor, do perdão…


Qualquer atitude de uma pessoa contrária à essa direção natural gera resultados negativos e somatizações. Quantos antes aprendermos isso, melhor.


Procure identificar quais são as suas crenças, questione o valor delas e substitua suas crenças limitantes por outras mais condizentes com uma vida próspera e feliz. Dessa maneira, a fórmula é muito simples e poderosa. Basta colocar como prioridade da vida o alinhamento com o fluxo da vida.





Para saber quais são os outros quatro fatores ocultos, não deixe de ler o próximo artigo. Nele estarão explicados com detalhes como cada um deles lhe influenciam e moldam o modo como você vive, pensa e age.


Abraços fraternos,

Dra. Mabel Cristina Dias

191 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110