O Símbolo da Borboleta: O Que Significa?



Você já se perguntou qual o significado do símbolo da borboleta?


Por que ele é tão importante para a sua vida?


Como você pode observar esse símbolo e extrair algum aprendizado para a sua vida?


O estudo da simbologia, dos arquétipos, está sempre em busca dos significado das coisas, entendendo a vida como uma grande professora, como uma grande escola - na qual cada acontecimento, cada ser vivo, cada fenômeno (seja natural ou não) é um ensinamento que você pode extrair para viver melhor.


Uma vida mais digna, que valha a pena ser vivida, onde você possa realmente desfrutar da experiência. Não uma vida monótona, marcada pela submissão à alguma estrutura de poder ou pela submissão à uma realidade que na verdade deseja que você seja um produto e não um ser pensante e que sente.


É para isso que se faz esse estudo, para se reconectar com a sua intuição. Distanciar-se um pouco da razão, da ideia dos dias turbulentos, do método “acordar, estudar e trabalhar”, sem tempo para pensar e refletir em mais nada.


Aqui buscamos uma vida com significado. Qual o legado que você deixará no mundo? Qual foi a experiência que você obteve no mundo? A quem você tocou? Quem estava do seu lado e fez um pouco de diferença em sua vida? Qual foi a semente positiva que você plantou no mundo?


É com esse objetivo que fazemos análises simbólicas.





O Significado do Símbolo da Borboleta


É conhecido todo o lado de transformação e metamorfose da borboleta. Mas o que realmente é a metamorfose de borboleta? O que significa esse processo físico, biológico, pelo qual ela passa? E qual processo psíquico, qual lição para a sua alma, você pode extrair para a sua vida?


Antes de se tornar borboleta, ela é uma lagarta. É um ser sem cor, rastejante, que aos olhos humano não é tão belo assim - mas aos olhos divino, sim. Existem pessoas que até sentem nojo de uma lagarta, não gostam de chegar perto.


Tudo o que ela conhece, enquanto lagarta, é a terra. Ela está completamente presa na matéria, não possui nada de sutil.


Observe nós, humanos, presos há muito tempo no que é material com as solas de nossos pés. Já a lagarta, todo o seu corpo está “colado” ao chão, ela vive agarrada à ele. De forma simbólica, está presa à matéria.


Em um momento que parece ser o fim de sua vida, ela se isola, procurar um lugar seguro e constrói um casulo ao redor de si mesma.


Esse casulo representa o mergulho que ela dá em seu próprio corpo, dentro de sua própria existência, no qual não existe mais o externo. Existe apenas eu e eu. E por que você mergulha dentro de si?


Para descobrir quem você é, qual é a sua verdadeira Essência. Será que você irá aceitar aquilo que lhe foi imposto? Ser uma lagarta?


Apesar da grande crise pela qual ela passa, de ser um ser rastejante preso à matéria, a lagarta sente que na verdade - bem no fundo, em sua Essência - ela não é isso. Em Essência, ela é livre, é borboleta.


Ela se fecha em seu casulo e volta-se para dentro, que pode ser analisado como o seu processo de autoconhecimento (que consiste exatamente nisso, em se voltar para dentro e buscar a sua verdadeira identidade).


Quando dizemos “voltar para dentro”, “buscar sua verdadeira Essência”, parece algo relacionado à autoajuda, não é mesmo?!


Mas não! Olhe realmente para dentro de si, porque dentro de você existe um ser completamente autêntico. Todos nós nascemos assim. As crianças se comportam de maneira totalmente autêntica, mas elas crescem, passam a ter relações com o mundo e com as pessoas e se apegam à diversas crenças limitantes.


Tudo o que a criança experimenta, vai “encaixotando” ela, vai bloqueando a sua autenticidade. Nos dias atuais, com a internet e as redes sociais, ela busca mostrar para o mundo algo que ela não é verdadeiramente - já que está se comparando a outras pessoas e deixa de se reconhecer.


Ela passa a pertencer a um padrão.


Quando falamos sobre resgatar a sua Essência, queremos que você resgate a sua criança interior. Que busque quem você realmente é, principalmente, que você busque a sua autenticidade.


Ao construir um casulo ao redor de si, a lagarta está à procura de quem é em Essência - uma borboleta. Mesmo nunca tendo sido um borboleta, ela sente que a autenticidade dentro dela é ser uma borboleta.


Ela se fecha, se desfaz da carcaça da lagarta e se refaz. Após um certo tempo, o casulo se rompe e sai uma borboleta. Um ser que não é mais espesso, mas completamente sutil. Um ser que não é mais da terra, mas do ar.


Se você estudar o significado da terra, encontrará que ela representa a matéria, o que é denso, o físico, o corpo, a posse, o ter...tudo aquilo que existe, que seus sentidos podem provar existir.


Enquanto o ar simboliza a inteligência, a comunicação - coisas imateriais.


Ela deixa de ser algo material para renascer como uma borboleta. Quando ela encontra a sua autenticidade, ela ganha o dom e a capacidade de voar. O voo a borboleta simboliza exatamente a liberdade.


Ela, assim, adquire a liberdade.





O que você pode Trazer para a sua Vida dessa Análise Simbólica?


Você possui muitas coisas que precisam ser mudadas dentro de si. Cada um sabe o que necessita ser mudado dentro de si, não é preciso que ninguém lhe conte o que você precisa fazer...você sabe o que deve ser feito.


Muitas vezes, você acaba não fazendo pois existem anestesias diárias - a novela ao chegar em casa, os canais de streaming, uma série, passar o feed das redes sociais.


É mais fácil assim, ninguém quer pensar em mudar depois de um dia absurdamente cansativo. Mas é justamente a estrutura de poder que lhe torna cansado(a), que o/a obriga ser uma máquina.


Você é exatamente o oposto disso. Você não é uma máquina, você é um ser sutil, emocional, que vive de experiência do sentir e estar junto.


Quais são os melhores momentos de sua vida? Não são os que você está com sua família, com seus amigos, no meio da natureza, vivendo, sentindo, mergulhando nas águas?! Esses são os melhores momentos da vida.


Você já sabe o que precisa mudar dentro de si, mas será que você está agindo para que isso aconteça?


Essa é a discussão que eu trouxe a partir da perspectiva e da análise simbólica da borboleta. A borboleta sabe que ela precisa entrar em um casulo e se transformar. Dessa forma, borboleta significa transformação.


E você sabe exatamente a transformação que precisa realizar em sua vida. Você sabe.





Reflexão



Pode haver mil motivos pelos quais você não está agindo, mas se por sincronicidade esse texto chegou até você, não é à toa. Se ele chegou até você, alguma coisa está querendo lhe dizer “Faça, saia do padrão, saia da caixa. Busque a transformação, a sua autenticidade."


É isso que você precisa fazer a partir desse momento e constantemente, todos os dias buscar transformação.


Dói se voltar para dentro, não é um processo fácil. Mas é necessário e vale a pena, pois se autoconhecendo - depois de toda a dor - vem a autenticidade, você encontra a borboleta dentro de você.


Todos nós sabemos o que precisamos fazer para mudar, só precisamos agir.


O seu casulo é dentro de si mesmo(a), dentro do seu coração.


O curso O Poder dos Arquétipos tem a sua primeira aula 100% gratuita. Se você se interessar e quiser baixá-la, é só clicar no link abaixo. Você pode assistí-la e entender um pouco mais de como o nosso curso funciona.



Quero assistir a Aula Gratuita do Curso O Poder dos Arquétipos



Experimente e saiba se está alinhado com aquilo que você pensa e com o que você sente. Se estiver, você poderá fazer o nosso curso. Por enquanto, assista essa gratuita.


E se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.


Abraços fraternos,

Lucca Ferronatto


146 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110