O Que Está Escondido em sua Sombra?

Atualizado: Jan 10



Você já parou pra pensar quais são os aspectos mais sombrios da sua personalidade? Este é um assunto que a maioria das pessoas não gosta de tocar: a sua sombra.

Caso você nunca tenha ouvido falar nisso, a sombra da personalidade é um conceito concebido pelo psiquiatra suíço Carl Jung. Em sua teoria ele diz que a nossa personalidade pode ser dividida em duas partes:


  • A nossa persona, que é como interagimos com o mundo, ou seja, as máscaras sociais que usamos para interagir com as outras pessoas;

  • E o outro lado que é o lado sombrio da nossa personalidade, o lado obscuro, tudo o que a gente guarda bem lá no fundo e não mostra pra ninguém, às vezes nem pra nós mesmos. É tudo de mais obscuro que existe na nossa personalidade.


Johann Wolfgang von Goethe - autor e estadista alemão do Sacro Império Romano -Germânico que também fez incursões pelo campo da ciência natural - disse que: “Onde há muita luz, mais forte é a sombra”.


Não adianta achar que você não tem um lado sombrio porque tem, todos temos. Até as pessoas mais iluminadas tem seu aspecto sombra. Isso é inato da nossa personalidade.




E o que é a sombra?


A sombra é tudo aquilo que reprimimos em nós. Por exemplo, quando a gente vê, pensa ou sente algo que não queremos ver em nós ou aceitar que temos isso em nossa personalidade, reprimimos isso e jogamos para a nossa sombra. Traumas que vivemos e guardamos bem lá no fundo, ou então segredos que a gente não conta pra absolutamente ninguém, muitas vezes nem pra nós mesmos, também fazem parte da nossa sombra.


Outro aspecto da sombra é tudo aquilo que a gente rejeita na nossa personalidade e não se permite ser. Um exemplo: aquela pessoa que é considerada séria e racional pelos outros. Normalmente essa pessoa não se permite ser emotiva, se expressar emocionalmente, e guarda todas as emoções na sombra, ou seja, reprime essas emoções. Ou então aquela pessoa que é doce e boazinha com todo mundo e que não consegue ser dura quando tem que ser porque reprime essa dureza, joga pra debaixo do tapete.


Sabe aquilo que você condena profundamente? Com certeza isso faz parte da sua sombra, é uma coisa que você tem dentro de si. Aquilo mexe com seu instinto mais profundo, só que você não aceita de maneira nenhuma, assim sua personalidade condena severamente.


Outro exemplo: você pode não gostar de tatuagem, mas se você condena as pessoas que tem é porque, provavelmente, bem lá no seu âmago, você tenha vontade de experimentar, mas está na sua sombra e você não aceita de maneira alguma.


Não gostar é uma coisa, condenar é outra completamente diferente. Portanto pense no que você condena com unhas e dentes, porque isso provavelmente faz parte da sua sombra.


Outra coisa que pertence ao lado sombrio da nossa personalidade é a mentira. Todos nós mentimos em algum momento da vida, isso faz parte do ser humano. A mentira é tudo o que a gente não quer trazer à luz, seja pra não decepcionar alguém ou para não perder uma máscara social que a gente tem. Então todas as mentiras que a gente conta, fazem parte de um aspecto sombrio nosso também. Entendemos então o que é a sombra.




Mas, então, o que fazer com ela?


Bom, na verdade não dá para simplesmente eliminar a nossa sombra. Não dá para facilmente exterminar um aspecto que compõe a nossa estrutura psíquica. O que precisamos fazer é trazer nossas sombras à luz, ou seja, tomar consciência dos aspectos sombrios da nossa personalidade, parar de reprimí-los e de jogar tudo pra debaixo do tapete. Você provavelmente tem um desejo proibido, ou um segredo que não conta pra ninguém, um trauma que você viveu, ou até mesmo alguma emoção que você vem reprimindo há muito tempo. Pra dissolver tudo isso, é interessante que façamos as pazes com nosso aspecto sombrio, porque todo ser humano possui a sua sombra. Conciliar-se com ela nos tornará pessoas muito mais íntegras, completas e felizes.




Um ótimo exercício para se integrar à sua Sombra


Um exercício muito legal pra fazer as pazes com a sua sombra é: se trancar no seu quarto, sozinho, sozinha, pegar um pedaço de papel e escrever tudo o que vier à sua cabeça sem nenhum filtro; tudo o que você sempre quis dizer e não disse, os desejos mais obscuros, as mentiras, o que você quis viver mas reprimiu, os traumas que você teve, escreve tudo o que vier na cabeça sem filtro nenhum, só você lerá isso. Depois, leia esse papel mais de uma vez. Você vai se surpreender com a quantidade de sombra que tem. Mas seja sincero, escreva tudo, não filtre nada, deixe a sua sombra se expressar através de você.


Depois de ler o que escreveu, não se julgue, mas converse consigo mesmo. Entenda que o seu lado sombrio não vai deixar de existir, mas que ele pode ser trazido à luz. Ele pode deixar de ser reprimido. Por último, queima esse papel com a intenção de integrar sua sombra, de se conciliar com ela.


Isso pode te destravar de: mostrar coisas pro mundo que você guarda à sete chaves, pode lhe ajudar a fazer coisas que antes você pensava ser impossível, à expressar emoções que você ocultava, se soltar de traumas e, principalmente, parar de se julgar e de julgar as outras pessoas. O julgamento é a pior coisa que podemos fazer conosco e com os outros. Todos nós estamos aqui para ter experiências e para viver. Temos livre-arbítrio pra isso. Não podemos julgar ninguém e nem a nós mesmos pelas experiências que desejamos ter.


Trazer nossa sombra à luz ajuda a tornar-nos pessoas muito mais leves e completas.



Você já sabe quais são as suas sombras?



Essa é uma ótima pergunta, uma pergunta que leva todos à uma profunda reflexão...você já sabe quais são as suas sombras? O que você tem reprimido e escondido em seu subconsciente? O que você não tem deixado transparecer ou não se deu o trabalho de desenvolver e melhorar?


Existe uma maneira de responder todas essas perguntas: o Mapa Arquetípico®. Com ele, você terá a chance de descobrir o seu arquétipo regente, seus aspectos luz e seus aspectos sombra. Além disso, poderá descobrir quais arquétipos você pode ativar, se for do seu desejo.


Se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.



Se quiser fazer seu Mapa Arquetípico®, acesse o link:

https://www.artetipos.com/garantirmeumapa



Abraços fraternos,


Lucca Ferronatto.

2,454 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110