O Mito do Rei Midas e seu Toque de Ouro




Você já ouviu falar sobre o mito do Rei Midas que tinha a habilidade de tornar em ouro tudo aquilo que tocasse? Qual ensinamento está por detrás desse mito? O que ele pode nos proporcionar?


Esse é um mito muito importante para levantarmos a discussão sobre o poder que temos de criar a nossa própria realidade, principalmente ao incorporarmos arquétipos e mitos nesse processo.


Também trataremos, aqui nesse artigo, os perigos que a falta de equilíbrio e de aprofundamento em nossas próprias ideias podem trazer.





O Mito do Toque de Ouro do Rei Midas


Existiu um grande sábio, chamado Sileno, pai de criação do deus Dionísio. Esse sábio gostava muito de beber, portanto, vivia embriagado - dizem inclusive que era alcoolizado que ele provia ao mundo os seus melhores ensinamentos.


Um dia, ele bebeu demais e acabou dormindo aos pés de uma árvore. Alguns camponeses passavam por essa árvore e, ao vê-lo, decidiram carregá-lo até o castelo do Rei Midas. Como o Rei Midas era um grande amigo do deus Dionísio, ele decide por acolher Silenio como seu hóspede.


Sileno passa muitos dias no castelo, bebendo e comendo o melhor que poderia existir. Depois de dez dias no castelo, Midas (o Rei) levou Silenio de volta para Dionísio que ficou extremamente feliz com os cuidados e com a hospitalidade prestadas por Midas à Sileno.


Dionísio decide, então, presentear o rei com um desejo. Midas poderia pedir absolutamente qualquer coisa, e sem pensar muito pediu para Dionísio o poder de transformar tudo o que ele tocasse em ouro.


Dionísio tenta conversar com o Rei, pedindo que ele refletisse um pouco mais sobre o pedido feito, mas Midas foi irredutível. Ele fez a sua escolha.


Como era um presente, Dionísio logo concede o pedido de Midas. O Rei, todo entusiasmado, tocou em uma pedra que encontrou no chão do reino e tal pedra se transformou em ouro. Ele passou a tocar em tudo o que via pela frente, reiterando o seu mais novo poder.


Em certo momento, o Rei sentiu fome e resolveu se sentar para comer. Assim que sentou, o seu trono se tornou ouro; ao pegar um pão para se alimentar, a fatia também se tornou ouro. Midas fica, então, completamente desesperado sabendo que acabaria por morrer de fome e corre para contar o que está acontecendo para a sua filha.


Ao tocar em sua filha, a mesma se transformou em ouro. O Rei perde a sua cabeça e vai atrás de Dionísio para implorar que tal feitiço fosse revertido. Como Dionísio era alguém de extrema generosidade, ele disse para o Rei que ficasse tranquilo e se banhasse no Rio Pactolo para se curar.


Midas mergulhou no rio, conseguiu se livrar do toque de ouro e, a partir desse momento, passou a odiar a riqueza. Ele abandona o seu reino e vai viver nos bosques com o Deus Pan.





Qual é a Lição que podemos tirar a partir da Interpretação desse Mito?


Acredito que o primeiro ponto é que o Rei Midas toma uma decisão completamente impensada, não pesou nenhuma das consequências possíveis. Fez uma escolha pensando somente em seus ganhos, mas se esquece de colocar na balança os possíveis problemas que essa sua decisão geraria.


Faltou equilíbrio e reflexão de sua parte.


Outro ponto muito interessante é que, quando queremos muito alguma coisa e colocamos nosso foco nisso, a tendência é que essa coisa se torne realidade. O desejo aliado ao pensamento e ao sentimento tem muito poder em nossas vidas.


Quando transformamos essas forças em ação, temos muito poder de concretizar o que quisermos em nossas vidas.


Dionísio tentou alertar Midas, e mesmo assim esse ficou firme em sua decisão. Midas conseguiu se livrar de seu problema - por causa da benevolência de Dionísio - mas as perdas que ele teve, não tiveram como ser recuperadas.


O poder de escolher criar a realidade que desejamos em nossa vida é um dom extremamente precioso. Imagina se cada um de nós tivesse o poder que Midas teve, de escolher que qualquer coisa de manifestasse exatamente agora em nossa realidade? Quantos equívocos nós já não teríamos cometidos?


Vejo muitas pessoas querendo criar a própria realidade sem nenhum esforço, como se fosse mágica. A verdade é que as coisas não são bem assim, é preciso que se coloque muito foco, muito trabalho e muita dedicação para que a nossa realidade se torne aquilo que queremos de verdade.


Sem ansiedade, sem pressa, sem desespero...não somos deuses, somos seres humanos. O tempo que levamos para manifestar as coisas em nossas vidas é maravilhoso, porque nos dá a oportunidade de reavaliar nossos desejos. É como um sistema de segurança para cada um de nós.


Ainda precisamos evoluir muito em consciência para conseguirmos manifestar nossos desejos de forma mais rápida, porque precisamos estar equilibrados e preparados para isso. Aliás, equilíbrio é uma virtude que faltou (e muito!) no Rei Midas, pois além do erro cometido por ele, ao se livrar do problema ele decide por abdicar de absolutamente tudo.


Ou seja, Midas desejou um poder, não conseguiu sustentar esse poder e colocou a culpa disso na riqueza - como se o ouro tivesse sido responsável pelo desastre em sua vida, e não ele próprio.


O que acontece, então? É criada uma grande sombra em cima da riqueza, desnecessariamente.


Não sabe o que é Sombra? Neste artigo explicamos com detalhes o que é e como elas se forma.


Quero ler o artigo "O Que Está Escondido em sua Sombra?"



Tudo o que desejamos fortemente e acontece, se não estamos preparados para sustentar tal realidade, acabamos por nos tornar exatamente o oposto daquilo que desejamos; e, novamente, jogamos tudo para debaixo da sombra.


Por isso acredito na importância desse mito para trazer a discussão, ele pode nos ajuda a refletirmos mais sobre os nossos desejos, observar não só os ganhos de uma escolha mas também ponderar as perdas.


Desenvolver o equilíbrio é muito importante. O problemas nunca foi o ouro, mas sim a ânsia do homem por ele, a ganância. Mas é muito mais fácil culpar o ouro.





Reflexão



Essa foi uma breve análise do mito do Toque de Ouro do Rei Midas. Espero que você tenha gostado e continue nos acompanhando, logo teremos mais análises de muitos outros mitos.


E você? Já sabe qual é o arquétipo regente em sua vida? Tem vontade de descobrir? O Mapa Arquetípico® é um verdadeiro mapa que mostra o caminho para você viver, da melhor forma, o arquétipo que lhe rege.



Se quiser fazer seu Mapa Arquetípico®, acesse o link:

https://www.artetipos.com/euqueroomapaarquetipico



E se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.


Abraços fraternos,

Lucca Ferronatto

240 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110