O Mestre: a Busca e o Ensinamento



O arquétipo do Mestre simboliza a inteligência, o autodomínio, o poder espiritual e a fé em algo maior do que nós mesmos. É o arquétipo da busca e do ensinamento. O Mestre nos convida à iluminação espiritual, a reconhecermos o sagrado que existe em nós, em todas as coisas e seres. E sobretudo, a agirmos conforme esse reconhecimento.

O Mestre, como o próprio nome diz, representa aquele que nos inicia, um guia que nos indica um objetivo na vida. Nos estimula a buscar um ideal, um significado além da matéria, do mundano.

Ele aponta para a necessidade de se captar o amor divino e o canalizar esse amor para nossas ações diárias. Pode ser um guia espiritual, um padre, um professor, um sacerdote, mas o nome que melhor o define é Mestre.

E por que mestre? Porque ele é, antes de tudo, mestre de si mesmo. Primeiro busca, aprende e se desenvolve, para depois compartilhar sua sabedoria com as outras pessoas.






Aspectos Luz do Mestre


Aqueles que são regidos por esse arquétipo são pessoas que não só acreditam no poder da disciplina, como também possuem o autodomínio. Gostam de seguir as regras, sejam sociais ou religiosas.


Buscam pela sabedoria, seja dos homens ou divina, e procuram sempre se desenvolver cada vez mais para alcançar melhores situações sociais e profissionais. São centradas, receptivas para o aprendizado e ativas para o ensino.


Têm prazer em ensinar, por isso são pessoas consideradas excelentes orientadoras e conselheiras. Possuem grande clareza mental, aliada à intuição.


São amorosas, mas sabem colocar limites; São equilibradas, possuem grande poder pessoal e presença. Cultivam o contato com o sagrado da vida.





Aspectos Sombra do Mestre


Quando em desequilíbrio, tais pessoas podem agir com apego ao poder, fanatismo, dogmatismo, rigidez, intolerância e falso moralismo.


Podem acreditar que a sua verdade é a única existente, apresentando egocentrismo e auto-importância exagerada.


Com o desejo de ser seguido pelos outros, mostram a necessidade de receber atenção e aprovação das outras pessoas.






O Equilíbrio



O Mestre é receptivo para o céu e ativo para a terra, ou seja, toda inspiração que recebe do Alto ele transmite para quem está embaixo.

Esse arquétipo representa o ponto de encontro entre as polaridades: o que está em cima e o que está embaixo, o que está na direita e o que está na esquerda. Ele vive o caminho do meio, o centro.

É uma pessoa que confia no que lhe foi ensinado e adora orientar e indicar soluções aos outros com base em sua experiência. O Mestre tem como vocação encarnar a unidade divina e ensiná-la na medida do possível, mas não existiria sem os discípulos que têm fé em seus ensinamentos.






Reflexão



A afirmação do arquétipo do Mestre é: “Ouço a voz do meu coração e através do amor compartilho minha sabedoria”. Isso sustenta as principais qualidades demonstradas por ele, que são: a maestria, a autoridade e a disciplina.


As principais representações culturais desse arquétipo são Quíron (O Rei dos Centauros), Krishna e Babalorixá.


Gostou do artigo? Temos também um vídeo no Youtube sobre este Arquétipo! Não deixe de assistir.


E para você descobrir qual é o seu arquétipo regente e como ativar outros arquétipos, inclusive o do Mestre, você pode fazer o Mapa Arquetípico®. Com este instrumento, você poderá ter conhecimento sobre os aspectos luz e aspectos sombras do seu arquétipo regente.


Se quiser fazer seu Mapa Arquetípico®, acesse o link:

https://www.artetipos.com/garantirmeumapa


E se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.


Abraços fraternos,

Mabel C. Dias

0 visualização
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110