O Arquétipo do Equilíbrio e da Temperança



O arquétipo do Mediador representa o equilíbrio, a temperança. Simboliza a harmonia, a medida certa das coisas e a benevolência.


Temperança é a virtude de quem atua comedidamente, com prudência, sem a prática de exageros. É ter controle sobre as paixões, sobriedade em suas atitudes e decisões, é evitar os excessos em seus apetites, seus desejos e vontades.


É um arquétipo que favorece a comunicação consigo mesmo (intrapessoal) e convida à harmonização dos pensamentos, emoções e atitudes.

O Mediador tem o dom da escuta ativa, demonstra interesse genuíno pelo que o outro diz o que facilita a criação de um vínculo com o mesmo. A escuta ativa aliada ao dom da palavra, permite ajudar as pessoas a conciliar seus problemas.

O Mediador se caracteriza pela flexibilidade perante a vida, capacidade de adaptação a qualquer circunstância e equilíbrio em qualquer tipo de situação.

Esse arquétipo tem paciência e compreensão, não tem pressa para que as coisas aconteçam, o que lhe dá grande capacidade para tomar decisões.





Aspectos Luz do Mediador


As pessoas regidas por esse arquétipo apresentam grande paciência, assim como também demonstram possuir persistência, disciplina, equilíbrio e moderação. São pessoas diplomáticas, que buscam a paz e a serenidade.


Com seus lados racional e emocional interagindo de forma harmoniosa, elas representam muito bem a união dos opostos, a harmonia que pode existir entre eles, assim como a cooperação.


São pessoas sociáveis, confiáveis e justas. A autoconsciência permite que elas escolham o caminho do meio, mostrando sabedoria, e também possuem a capacidade de fazer a coisa certa no momento ideal.


Demonstram grande complacência e misericórdia, por serem caridosas.





Aspectos Sombra do Mediador


Quando em desequilíbrio, as pessoas regidas pelo Mediador podem agir com arrogância, resultado de um sentimento de superioridade. Legislam em causa própria, mostrando negligência, intolerância, leviandade e indiferença.

Passam a apresentar falta de personalidade e perturbação mental (algo com o qual devem ter cuidado).


Fazem-se presentes sentimentos como a discórdia, a irritabilidade e a insatisfação.





Reflexão



Sendo as suas virtudes o equilíbrio, a temperança e a harmonia, esse arquétipo tem como afirmação a seguinte frase: “Sou um canal do amor divino e tenho o poder de equilibrar a vida.”


Suas representações se fazem presentes em inúmeras culturas, nas mais diversas épocas e locais. As mais conhecidas são Íris (mitologia egípcia), Davi (personagem bíblico) e Ossaim (orixá).


Gostou do artigo? Temos um vídeo no YouTube sobre ele também, não deixe de conferir!


Para você descobrir qual é o seu Arquétipo regente e como ativar outros Arquétipos, inclusive o do Mediador, você pode fazer o Mapa Arquetípico®. Com este instrumento, você poderá ter conhecimento sobre os aspectos luz e aspectos sombras do seu arquétipo regente.


Se quiser fazer seu Mapa Arquetípico®, acesse o link:

https://www.artetipos.com/euqueroomapaarquetipico


E se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.


Abraços fraternos,

Mabel C. Dias

590 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110