O Arquétipo da Transformação e da Comunicação



Você sabe qual é um dos principais arquétipos que vivemos em nossa juventude? Aposto que muitos de vocês pode ter pensado que talvez fosse o Rebelde, já que é assim que os adolescentes e jovens são taxados: os famosos “rebeldes sem causa”.


Mas para a sua surpresa, não é sobre o Rebelde que vamos tratar neste artigo.


O Mago está entre os arquétipos preponderantes na nossa mocidade, aquela na qual necessitamos experimentar, fazer escolhas, e viver a dor e a delícia das infinitas possibilidades que a vida nos oferece.


Algumas pessoas podem permanecer nesse arquétipo ao longo de toda a vida, o que acaba moldando fortemente sua visão de mundo, pensamentos, sentimentos e comportamento.

O Arquétipo do Mago tem como maior característica a capacidade de comunicação: com as outras pessoas, com os elementos da natureza e, principalmente, a comunicação entre as diferentes camadas da mente.





As Camadas da Mente


De forma resumida, nossa mente é dividida em quatro segmentos que se integram. Essas partes são:


  • O Consciente: é a parte responsável pelo raciocínio, concentração, tomada de decisões, vontade, disciplina e crenças. Através dessa pequena parte do nosso universo psíquico (que representa somente 5%) que nos reconhecemos como sendo indivíduos e, através dele, interagimos com o mundo.

  • O Inconsciente Pessoal: é a maior parte de nossa mente (ela representa 95%) e não tem capacidade de raciocínio. Sua função básica é regular o funcionamento automático do corpo e armazenar informações vindas do consciente como: pensamentos, sentimentos, imaginações, hábitos, impulsos, desejos, conteúdos que não desejamos viver, traumas.

  • O Inconsciente Coletivo: é o conjunto de vivências da humanidade e dos Arquétipos.

  • O Supraconsciente: é a mente do Todo e que tudo sabe. É com ela que a Essência de cada pessoa se conecta para ter acesso à sabedoria universal.


O Mago possui a grande habilidade de apreender os conteúdos do inconsciente e trazê-los para o consciente.


Assim como um arquiteto que concebe a ideia de uma casa em sua mente e depois faz a planta da mesma, para que possa ser construída depois, esse arquétipo capta ideias que estavam ocultas no inconsciente de nossa mente e as traz para serem executadas na realidade física.


É um arquétipo que, apesar de extremamente comunicativo, fala muito sobre o poder da solitude - que se difere da solidão. A solitude é um estado voluntário e positivo de isolamento. Já a solidão é uma condição relacionada à dor e tristeza.


O Mago compreende que tudo está conectado e para ele o sagrado não é algo que está acima ou distante de nós, mas sim uma força que emerge do nosso próprio ser.

Para ele tudo é possível, pois está em contato com as leis e a harmonia do universo - como disse o grande mago Hermes Trismegisto: “O que está embaixo é como o que está no alto, e o que está no alto, é como o que está embaixo”.





O Poder de Transformação



Esse arquétipo é hábil em transformar o mundo ao seu redor e manipula os quatro elementos da matéria, tornando-os sagrados. Os quatros elementos (e seus correspondentes) são:


  • Terra (material);

  • Água (emoções);

  • Fogo (intuição/sexualidade);

  • Ar (Mental).


Com isso, transforma o material em espiritual.


Da mesma forma, o Mago usa as quatro funções da consciência em função de algo maior. Essas funções são:


  • a sensação (terra);

  • o sentimento (água);

  • o pensamento (ar);

  • e a intuição (fogo).


Isso lhe permite ser um grande curador de corpos e de almas.


O Mago também possui poder pessoal, não no sentido de explorar os demais, mas sim de criar sua própria realidade de forma deliberada, de persuadir e de transformar o meio e as situações.


Sabe aquela sensação de sincronicidade? Quando tudo na vida parece se conectar? Acontecimentos, pessoas, consciente e inconsciente, sonhos e realidade? Então, essa sincronicidade é um dos maiores trunfos do Mago, pois ele é um ser que transita - o tempo todo - entre o mundo interior e exterior, e entre diferentes dimensões da realidade.


É nesse arquétipo que o Todo se expressa, em quem o espírito se faz carne, e dessa forma se torna um arquétipo que marca os inícios em nossa vida.Traz consigo a necessidade de agir, de sair da ideia e dar o primeiro passo.


E é através da inteligência e do trabalho que o Mago manifesta sua magia.


Khalil Gibran, em uma incrível passagem sobre o trabalho em sua obra O Profeta, escreveu:


"Sempre lhe disseram que o trabalho é uma maldição, e o labor, um infortúnio.

Mas lhe digo que, quando você trabalha, realiza uma parte do sonho mais profundo da terra, que lhe foi atribuída quando esse sonho nasceu.

E, mantendo-se unido ao trabalho, na realidade você estará amando a vida,

E amar a vida através do trabalho, significa ser iniciado no mais íntimo segredo da vida."


Sintetizando, as principais virtudes que o arquétipo do Mago traz ao mundo são:


  • a capacidade de comunicação;

  • a habilidade de transformar o meio;

  • e o poder pessoal.


O Mago é um arquétipo que permite que a mente humana desenvolva todas as suas potencialidades, fazendo com que tudo saia do plano da ideias e se concretize.


Através do trabalho, transforma todas essas infinitas possibilidades em probabilidades, para que possam realmente ser manifestadas na realidade. Promove, assim, uma transformação não só em si mesmo como também no mundo.





Os Aspectos Luz do Mago


As pessoas regidas por esse arquétipo sabem que a sua mente cria a própria realidade e usam deliberadamente esse poder. São auto-confiantes porque sabem de sua capacidade em transformar o meio ao seu redor e as situações para melhor, ou seja, tem conhecimento de seu poder de realização.


Acreditam que já têm todas as ferramentas para o sucesso, só precisa organizá-las de uma forma mais eficiente. Possuem grande capacidade de persuasão, vontade de inovar e criar novos projetos e são dotados de grande poder pessoal, sendo assim excelentes empreendedores.


Por vezes têm tantas ideias que não conseguem colocá-las todas em prática. Mas, em contrapartida, possuem a mente aberta para o novo e uma enorme capacidade de trabalho. E como já dito anteriormente, são ótimos comunicadores.


Possuem uma forte ligação com a natureza e a consideram sua aliada, sendo grandes curadores também. São capazes de tornar a matéria algo espiritual e de sacralizar o que é profano.





Aspectos Sombra do Mago


Como as pessoas que são regidas por esse arquétipo são dotadas de grande poder de persuasão, tendem à mentira e à manipulação quando estão em desequilíbrio. Podem se tornar egoístas, além de trair aos demais e aos seus próprios ideais, quando perdem a conexão com o sagrado da vida.


São muito impulsivas, ou seja, agem sem pensar e tomam decisões precipitadas que lhe custam a paz e dinheiro.


Não costumam dar sequência àquilo que iniciam (projetos, cursos, relacionamentos), gerando estagnação na vida. Podem se tornar procrastinadores, adiando a realização de suas tarefas e ceder à preguiça, com tendência a permanecerem na sua zona de conforto.


São inclinado à somatização (adoecimento) quando não usam seus poderes de cura, e também à solidão e depressão.





Reflexão



O arquétipo do Mago, portanto, tem como virtudes: a comunicação, a habilidade de transformar o meio e o poder pessoal.


Essas são características que devem ser trabalhadas e desenvolvidas por cada um de nós, já que com elas poderemos progredir em nossa jornada de iluminação e alcançar, assim, a plenitude.


Gostou do artigo? Temos também um vídeo no Youtube sobre este Arquétipo! Não deixe de assistir.


Sabendo o seu arquétipo regente, suas características luz e sombra, você poderá dar início, ou continuar (caso já tenha dado início), ao seu processo de individuação. Para ter acesso à todas essas informações, você pode fazer seu Mapa Arquetípico®.



Para fazer seu Mapa Arquetípico®, acesse o link:

https://www.artetipos.com/garantirmeumapa



Abraços fraternos,


Mabel C. Dias

608 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110