É possível encontrar o Amor Ideal?



Essa é uma pergunta que já foi e continua sendo feita para nós, seja por e-mail ou pelas redes sociais.


“Como eu posso encontrar o amor ideal?”


Você já se fez essa pergunta?


Essa é uma questão interessante, pois mostra o quanto as pessoas estão buscando por alguém que irá completá-las, que irá suprir uma falta que existe dentro delas mesmas.


Para dar continuidade nesse assunto, utilizaremos o arcano dos Enamorados do Tarot. Esse arcano representa justamente esse momento de escolha do amor romântico, escolher está com alguém e iniciar um relacionamento.





A Resposta para a Pergunta


Ela é simples, clara e objetiva: olhando pra dentro de si próprio(a).


O seu amor ideal está dentro de você, está dentro do seu peito. O seu parceiro, ou sua parceira, ideal está dentro de você...é você mesmo(a).


Só quando você encontrar o amor ideal dentro de si é que você permitirá que a pessoa certa apareça (fora de você).


A maioria das pessoas buscam um relacionamento para encontrar algo que as complete e isso significa que elas não estão completas, significa que algo está faltando. E quando finalmente elas estiverem em um relacionamento, elas irão projetar essa falta no outro - e essa pode ser a posição na qual você se encontra nesse instante.


Um relacionamento que inicia dessa forma, já começa fadado ao fracasso.


A carta dos Enamorados, ou Amantes, do Tarot ela nos traz algumas discussões muito pertinentes - principalmente sobre o aspecto masculino e o aspecto feminino do ser, a ânima e o ânimus.


Para saber mais sobre esses dois lados que residem em você, não deixe de ler o artigo completo sobre o assunto.


Quero ler o artigo Você Aceita o seu Lado Feminino? Ânima, Ânimus e o Caminho para a Individuação


Se você, enquanto homem, não tem o seu aspecto feminino (a sua ânima) bem resolvida dentro de si, se você não a conhece e não se permite expressar o seu lado feminino e se conectar com ele...ao se relacionar com alguém, você irá refletir nessa pessoa a sua expectativa. O contrário também é real.


Toda vez que a pessoa de sua afeição não cumprir alguma expectativa que, na verdade, é somente sua, você se frustrará e jogará toda a sua insatisfação em cima dela.


Quando você não está inteiro(a), dentro de si mesmo(a), e não tem o seu ânimus e a sua ânima/yang e yin muito bem trabalhados e equilibrados - ou seja, quando você não se conhece e não encontrou o amante ideal dentro de si - qualquer amante externo será uma completa projeção das suas expectativas.


É óbvio que essa pessoa não cumprirá as suas expectativas, porque essa pessoa não é você. Ela tem a sua individualidade, tem a sua própria vida e, não cumprindo suas expectativas, você se frustrará.


Para encontrar um(a) parceiro(a) ideal é necessário encontrar o amante ideal dentro de si mesmo(a). É começando a amar a si próprio(a).


Antes de buscar um relacionamento fora, você precisa buscar um relacionamento dentro - consigo mesmo(a).


Você precisa:


  • autoconhecer-se;

  • descobrir quem você é;

  • encontrar a sua autenticidade;

  • sentir carinho, amor e afeto por si mesmo(a).


Quantas vezes você já se permitiu sair consigo mesmo(a)?


Ir para um restaurante bacana, sozinho(a), para curtir a sua própria companhia, para estar presente em si mesmo. Fazer uma viagem sozinho(a), ou então ir dançar sozinho(a), ou ir ao cinema, ao teatro, à algum show…


Você já experimentou ter um relacionamento amoroso, ou alguma experiência sensorial, consigo mesmo(a)?


Enquanto isso não for feito, você não encontrará o amante ideal, pois você não se encontrará. Para encontrar o “amante ideal externo”, você precisa se encontrar. Na verdade, não existe o amante ideal externo; ele está dentro de você.


O melhor que você pode ser, o quanto mais você pode se amar por aquilo que você é.


Gostar de si, se amar, se sentir, gostar da sua própria presença. Você precisa dedicar o olhar ao seu relacionamento consigo, dessa forma você terá um relacionamento que prospera, que funciona, que é tranquilo.


Não existirá guerra, não existirá briga e não existirá disputa pois você está bem consigo mesmo(a).


Acredito que esse é o encadeamento que deve ser vivido, dentro de um processo terapêutico com o uso do Tarot.


Ao encontrar a carta do Amante, você precisa - antes de querer amar outra pessoa - amar a si mesmo(a). Ao encontrar a energia do Amante, ela deve estar muito bem trabalhada dentro de você antes de buscar algo fora de si.


Não existe uma pessoa mágica e ideal que virá lhe completar.


Se é necessário que venha alguém lhe completar, é porque você não está inteiro(a). O recipiente onde repousa a sua alma está pela metade e é preciso trabalhar o autoconhecimento - o olhar, gostar e amar a si - para encher esse recipiente.


E então, ao conhecer outra pessoa, ela não irá lhe completar porque você já está completo(a). Ela irá lhe transbordar, será somente sentimentos positivos.


Não haverá como ela invadir a sua individualidade. E se essa pessoa estiver completa, também não haverá como você invadir a individualidade dela. Antes de buscar um relacionamento externo é necessário desenvolver um relacionamento interno.


E entender que é preciso trabalhar tanto o seu aspecto masculino quanto o seu aspecto feminino - independentemente com quem você irá se relacionar. Todas as pessoas possuem em si (energeticamente) ambas as polaridades yin e yang, a ânima e o ânimus.


É desenvolvendo e trabalhando essas duas polaridades, equilibrando-as, permitindo-se conhecer seus aspectos femininos e masculinos, que você conseguirá de fato encontrar a completude, além de parar de projetar no outro aquilo que você espera que ele seja.


Você deve ser aquilo que espera ser.





Reflexão



Existe um jogo de energias de amor, de companheirismo, que fluirá no momento em que os dois indivíduos fluírem individualmente.


Só haverá um relacionamento no momento em que você encontrar a comunhão entre o seu ego e sua Essência, o equilíbrio entre o seu feminino e o seu masculino e o autoconhecimento de que você deve amar a si mesmo(a) antes de amar outra pessoa.


O amante perfeito e ideal é você, e cabe a você o encontrará dentro de si.


Para adquirir o autoconhecimento necessário com o objetivo de encontrar o amante ideal dentro de si, você pode realizar o Mapa Arquetípico®. Com este instrumento, você poderá ter conhecimento sobre os aspectos-luz e aspectos-sombras do seu arquétipo regente.



Se quiser fazer seu Mapa Arquetípico®, acesse o link:

https://www.artetipos.com/euqueroomapaarquetipico



E se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.


Abraços fraternos,

Lucca Ferronatto

61 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110