A Influência dos Arquétipos em seus Relacionamentos



Como você está, neste momento de isolamento social necessário? Está sentindo a solidão bater? Ou será que já está entrando em conflito com os demais moradores da casa? E em tempos normais, seus relacionamentos costumam ser uma fonte inesgotável de alegria e crescimento para você e para a outra pessoa?


Quando termina um relacionamento afetivo, vocês continuam amigos ou não querem mais contato algum? Você acredita que a felicidade não é para você porque sempre acaba sofrendo por amor?


Neste artigo vamos observar e nos aprofundar um pouco sobre um dos aspectos mais complicado e caótico da vida de um ser humano: os relacionamentos. Então, fica comigo que vamos analisar agora um aspecto oculto e dificilmente explorado, que é a influência dos arquétipos nos relacionamentos humanos.


Quem acompanha nosso trabalho já sabe o que são arquétipos e o poder que eles exercem em todos nós. Se essa é a sua primeira vez aqui conosco, eu recomendo que leia o artigo abaixo para entender melhor o que são arquétipos.


Quero ler o artigo “A Força Oculta dos Arquétipos”


Mas resumindo em uma frase (se é que isso é possível), os arquétipos são programas conscientes que habitam o inconsciente da humanidade e nos proporcionam informação de altíssima frequência e qualidade - as quais podemos chamar de virtudes - com a finalidade de ordenar a nossa experiência encarnacional, a nossa existência na matéria.





Mas como isso acontece na prática?


Na prática, os arquétipos nos afetam diretamente, influenciando nossa visão de mundo, pensamentos, sentimentos e, consequentemente, todo o nosso comportamento.


Cada pessoa está debaixo da influência de um ou mais arquétipos, o que molda sua personalidade e a maneira como ela lida com as situações da vida e com as pessoas.


Se você está vivendo o arquétipo do Sábio, vai ter determinado comportamento, se está vivendo o arquétipo do Curador, terá outro tipo de comportamento, e assim por diante. Imagine, então, que quando duas pessoas se relacionam, na verdade há o envolvimento de vários arquétipos, que influenciam (direta ou indiretamente) na relação.


Por isso, para uma relação ser bem sucedida, é muito importante que se conheça quais os arquétipos que ambos estão vivendo, quais seus aspectos luminosos, quais as sombras que podem estar sendo vivenciadas, que se respeite as diferenças e que se busque os pontos comuns entre os dois.


E para isso, é necessário muito autoconhecimento e uma disposição impecável ao se fazer trabalho interno de crescimento. Os relacionamentos são um assunto de extrema importância quando se quer evoluir e ter uma vida feliz e plena. Através deles podemos adquirir entusiasmo e equilíbrio emocional, treinar o amor incondicional e o desapego.


Existem muitos tipos de relacionamentos: entre pais e filhos, entre irmãos, entre amigos, entre os sócios de uma empresa, e o mais problemático, o relacionamento romântico. E é sobre esse tipo de relacionamento que vamos tratar agora, sob a luz dos arquétipos.





Como os arquétipos podem nos ajudar?


Vamos dar um exemplo bem comum de problema amoroso: quando se entra em uma relação esperando que o outro lhe complete e lhe faça feliz...e depois, com o passar do tempo, quando isso não acontece, começam as brigas, as cobranças, os ressentimentos, as traições, a violência, a indiferença e tudo aquilo que você já deve ter visto ou vivido em em uma relação romântica.


O amor acaba se transformando em dor, em desencanto, em sofrimento. “E como, então, os arquétipos podem nos ajudar?”, você pode estar se perguntando.


Bem, dentre os 22 arquétipos do Mapa Arquetípico®, selecionei 4 deles que são essenciais para ativarmos em nós, visando nos relacionarmos de forma mais consciente com outras pessoas e para colocar fim ao sofrimento por amor, de uma vez por todas.


O primeiro arquétipo é o Amante, cujas virtudes são a paixão, o entusiasmo e a necessidade de união com o outro. Um relacionamento geralmente se inicia por aí. Ele é a faísca inicial, que acende o fogo em nós, que nos movimenta, que nos faz mais bonitos e alegres, cheios de vida, vendo o mundo colorido e perfumado.


Para que essa fase não acabe em decepção, é preciso ativar o próximo arquétipo, o Integrado. É ele que nos dá a sensação de integridade, de completude dentro de nós mesmos, que nasce da integração dos aspectos femininos e masculinos dentro de nós - que a filosofia chinesa chama de Yin e Yang.


Quando estamos completos, ganhamos autonomia, e não teremos mais aquela urgência de ter alguém do nosso lado para nos completar. E para uma relação ser bem sucedida, é fundamental que o amor entre duas pessoas não tenha condição alguma para existir.


Esse é o amor que perdura, mesmo à distância, mesmo que não possa ser vivido na prática, por algum motivo. E o amor incondicional é uma das virtudes que o arquétipo da Mãe nos traz, além da generosidade, criatividade e a capacidade de nutrir a relação.


E quando uma relação chega ao fim, seja qual for a razão, é interessante que tenhamos ativado em nós o arquétipo do Desapego. Para não haver sofrimento, é preciso soltar a outra pessoa, deixá-la ir sentindo gratidão pelo que viveram, desejando a ela o melhor, porque o amor de verdade não acaba, não se limita, é infinito e eterno.




Reflexão


Esse é um pequeno exemplo do poder que os arquétipos têm e que podemos ativar em nós. Todos eles já estão potencialmente em nosso ser como informação disponível, mas para acessá-los é necessário algum tipo de ativação.


E para saber como ativar esses e outros arquétipos em sua vida, você pode fazer o Mapa Arquetípico®. Com este instrumento, você poderá ter conhecimento sobre os aspectos luz e aspectos sombras do seu arquétipo regente, descobrir aqueles arquétipos que não estão latentes em si e a forma de trazê-los a tona.



Se quiser fazer seu Mapa Arquetípico®, acesse o link:

https://www.artetipos.com/euqueroomapaarquetipico



E se deseja receber mais informações sobre esse tema, se inscreva para receber conteúdos em primeira mão.


Abraços fraternos,

Mabel C. Dias


0 visualização
  • Facebook
  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 Artétipos - MABEL C. DIAS CONSULTORIA EPP - Todos os direitos reservados.

| Fale conosco - contato@artetipos.com | Tel: (11) 9.4240-0110