Arquétipo: Puro

Virtudes:

 

Pureza, Otimismo e Fé.

Características do Arquétipo:

 

O Arquétipo do Puro é simbolizado pela inocência, no sentido positivo da palavra: a inocência como qualidade de quem não tem malícia no coração.

 

Simboliza uma mentalidade jovem, cheia de curiosidade, de esperança, com a vontade de experimentar a vida e assumir o seu papel nela.

 

O Puro representa o início de uma jornada e, principalmente, os recomeços, já que a vida se desenvolve em forma de espiral. O que isso significa? Significa que a vida é feita de ciclos. Partimos de um ponto inicial, trilhamos a jornada e chegamos no mesmo ponto, só que em um patamar superior, pois agregamos informação, conhecimento e sabedoria no caminho. Já não somos os mesmos, pois nossa consciência se expandiu.


O Puro é o principal arquétipo vivenciado por nós quando crianças. Apesar de o vivermos de forma intensa, principalmente nos primeiros anos da infância, podemos permanecer nesse arquétipo ao longo de toda a vida, o que acaba moldando fortemente nossa visão de mundo, pensamentos, sentimentos e comportamento.


O Puro simboliza a liberdade para caminhar, experimentar e buscar ser quem realmente é.

 

Representa a capacidade de sonhar, de idealizar um mundo perfeito.

 

Por confiar na força e na benevolência da vida, coloca seu foco no lado positivo das coisas, das pessoas, das situações. Carrega um otimismo consciente, sempre disposto a dar crédito às oportunidades que a vida apresenta.

 

O Puro tem forte impulso vital, disposição e energia para pesquisar, caminhar e experimentar.

 

Ele representa o caos, não no sentido de desordem, mas no sentido de potencial infinito do Universo capaz de gerar a ordem, quando organizado pela intenção.

 

Em essência, o Puro caracteriza a alegria de viver. Aquela alegria que não vem de fora, das coisas materiais, mas da profunda conexão com as infinitas possibilidades que a vida oferece e de se deixar levar pelo fluxo da existência.

 

Resumindo, as principais virtudes que o Arquétipo do Puro traz ao mundo são: pureza, otimismo e alegria de viver.

Características da personalidade:

 

Aspectos Luz:

•  São pessoas alegres, acreditam que a vida não deve ser levada tão a sério;
•  Otimistas, confiam que tudo acaba dando certo, mesmo em situações difíceis;
•  São ingênuas, e muitas vezes não conseguem identificar o mal que existe em si e no mundo;
•  Partem do princípio que as pessoas são dignas de confiança;
•  Têm o impulso de mergulhar no desconhecido e seguir conforme sua intuição, confiando no fluxo da vida;
•  São curiosas e exploradoras, gostam de descobrir coisas e pessoas novas;
•  Têm fé na vida e que podemos criar um mundo melhor;
•  Acreditam que suas necessidades serão supridas de uma forma ou de outra, por isso não se preocupam;
•  Confiam em si, mas principalmente nas pessoas e na perfeição da vida;
•  Sentem que o mundo é um lugar seguro para se viver;
•  São inocentes e acreditam no que as pessoas lhes dizem;
•  Por confiarem, são capazes de se abrir para o conhecimento, de buscar suas realizações;
•  Não veem maldade no mundo e quando se deparam com o mal, preferem não focar nele;
•  São espontâneos e sinceros;
•  Entusiasmadas com os seus projetos;
•  Por confiar nas pessoas, são muito sociáveis;
•  Acreditam que as pessoas são boas e que vão aprender com seus erros. Por isso, são capazes de perdoar;
•  São fiéis quando fazem uma promessa;
•  São pessoas simples, descomplicadas;
•  Acreditam na felicidade, acima de tudo, e em um mundo justo onde todos podem ser o que desejam; 
•  São honestas, corretas e éticas;
•  Sonhadoras;
•  Carismáticas em virtude da sua visão otimista da vida e da pureza de suas crenças;
•  Acreditam que serão bem tratadas pela vida e pelos outros, porque fato de serem bondosas e especiais;

Aspectos Sombra:

•  Por medo do abandono, podem negar a realidade como ela se apresenta, fazendo vista grossa para os erros dos outros e para os seus próprios erros.
•  Pela mesma razão, podem não reconhecer quando estão sendo magoados e quando necessitam de ajuda.
•  Pela ausência de malícia, acreditam em tudo que as autoridades (pais, professores, governantes, líderes espirituais, especialistas) lhes dizem, sem questioná-las, o que produz crenças limitantes em sua vida.
•  Por serem inocentes, e terem uma visão romântica da vida, podem ser passados para trás por pessoas de má-fé.
•  Podem acreditar na vinda de um salvador, que resolverá todos os problemas do mundo e assim, podem se acomodar em sua zona de conforto e não fazer a parte que lhe cabe na resolução dos problemas.
•  Podem se recusar a crescer, desenvolvendo a Síndrome de Peter Pan, do eterno menino, e se tornar dependente dos cuidados alheios. Muitas vezes comportam-se como crianças e esperam que as instituições, os empregadores, os amigos ou os cônjuges tomem conta deles. E isso acaba acontecendo muitas vezes. 
•  Podem sofrer de depressão, devido à nostalgia e saudades do passado.
•  Por viverem em sua mente num “mundo ideal”, pode se tornar refém dessa utopia, se transformando em  perfeccionistas. Isso faz com que adiem coisas importantes, sempre esperando o melhor momento, o que faz com percam o timing (tempo) de realizar projetos e com ele grandes oportunidades de crescimento.
•  Podem se tornar vulneráveis e dependentes, manipulando os outros para conseguir o que querem, assim como faz uma criança birrenta.
•  Podem levar tudo na brincadeira quando o momento pede seriedade.
•  Podem se sentir incapazes de ter prazer ou se divertir, por excesso de auto-cobrança.
•  Por serem muito confiantes, às vezes podem correr riscos desnecessários.

 

Orientação Vocacional

 

A pessoa regida pelo arquétipo do Puro pode encontrar grande satisfação profissional e sucesso financeiro em trabalhos como:

• Comércio exterior;

• Pesquisa;

• Turismo;

• Invenções;

• Explorações;

• Empreendedorismo;
• Como tem facilidade em aprender idiomas, pode trabalhar em multinacionais que promovam  viagens;
• Já que é um espírito livre, pode se sair bem em negócio próprio, já que não tolera ser comandado.

Afirmação:

 

“Sinto o impulso para a jornada da vida, tenho fé e por isso me divirto no caminho”.

Símbolos de poder:

 

Filmes e Séries:

 

Desenhos Animados:

 
 

Livros:

 

Músicas:

 

Mitologia:

Pársifal, Dionísio, a juventude de Hércules, Ibejis