Arquétipo: Mago

Virtudes:

 

Comunicação, habilidade de transformar o meio e poder pessoal.

 

Características do Arquétipo:

O Mago é um dos principais arquétipos vivenciado por nós na juventude. A juventude que necessita experimentar, fazer escolhas, e viver a dor e a delícia das infinitas possibilidades que a vida oferece.
 

Algumas pessoas podem permanecer nesse arquétipo ao longo de toda a vida, o que acaba moldando fortemente sua visão de mundo, pensamentos, sentimentos e comportamento.

 

O Arquétipo do Mago é simbolizado pela capacidade de comunicação: com as outras pessoas, com os elementos da natureza e, principalmente, a comunicação entre as diferentes camadas da mente.

 

De forma resumida, nossa mente é dividida em alguns compartimentos integrados que são:

 

  1. O Consciente: aquele responsável pelo raciocínio, concentração, tomada de decisões, vontade, disciplina e crenças. É através dessa pequena parte do nosso  universo psíquico (5%) que nos reconhecemos como sendo indivíduos e, através dele, interagimos com o mundo.
     

  2. O inconsciente pessoal: é a maior parte de nossa mente (95%) e não tem capacidade de raciocínio.Sua função básica é regular o funcionamento automático do corpo e armazenar informações vindas do consciente como: pensamentos, sentimentos, imaginações, hábitos, impulsos, desejos, conteúdos que não desejamos viver, traumas.
     

  3. O Inconsciente coletivo: é o conjunto de vivências da humanidade e dos Arquétipos.
     

  4. O Supra-consciente: é a mente do Todo e que tudo sabe. É com ela que a Essência de cada pessoa se conecta para ter acesso à sabedoria universal.

 

O Mago tem grande habilidade de captar os conteúdos do inconsciente e trazê-los para o consciente. Por exemplo, ele pega ideias que estavam ocultas na mente inconsciente e as traz para serem executadas na realidade física. Assim como um arquiteto que concebe a idéia de uma casa em sua mente e depois faz a planta da mesma, para que possa ser construída depois.

 

É um arquétipo que, apesar de extremamente comunicativo, fala muito sobre o poder da solitude, o entendimento de que sozinhos viemos a esse mundo e sozinhos sairemos dele.

 

O Mago sabe que tudo está conectado. Para ele o sagrado não é algo que está acima ou distante de nós, mas uma força que emerge do nosso próprio ser.

Para ele, tudo é possível, pois está em contato com as leis e a harmonia do universo. Como dizia o grande mago Hermes Trismegisto: “O que está embaixo é como o que está no alto, e o que está no alto, é como o que está embaixo”.


O Mago é hábil em transformar o mundo ao seu redor. Manipula os quatro elementos da matéria: Terra (material), Água (emoções), Fogo (intuição/sexualidade) e Ar (Mental), e os torna sagrados. Com isso, transforma o material em espiritual. Assim com faz um xamã, de forma ritualística, quando cura uma pessoa ou "faz chover".

 

Da mesma forma, o Mago usa as quatro funções da consciência: a sensação (terra), o sentimento (água), o pensamento (ar) e a intuição (fogo), em função de algo maior. Isso lhe permite ser um grande curador de corpos e de almas.

 

O Mago tem poder pessoal, não no sentido de explorar os demais e sim de criar sua própria realidade de forma deliberada, persuadir, transformar o meio e as situações.
 

Sabe aquela sensação de sincronicidade? Quando tudo na vida parece se conectar? Acontecimentos, pessoas, consciente e inconsciente, sonhos e realidade? Então, essa sincronicidade é um dos maiores trunfos do Mago, pois ele é um ser que transita o tempo todo entre o mundo interior e exterior e entre diferentes dimensões da realidade.


É nesse arquétipo que o Todo se manifesta, que o espírito se faz carne, portanto é um arquétipo que marca os inícios em nossa vida.Traz a necessidade de agir, de sair da ideia e dar o primeiro passo. E é através da inteligência e do trabalho que o Mago manifesta sua magia.


Veja essa incrível passagem do livro -  O Profeta, de Khalil Gibran  - sobre o trabalho. Ele diz:

"Sempre lhe disseram que o trabalho é uma maldição, e o labor, um infortúnio.

Mas lhe digo que, quando você trabalha, realiza uma parte do sonho mais profundo da terra, que lhe foi atribuída quando esse sonho nasceu.

E, mantendo-se unido ao trabalho, na realidade você estará amando a vida,

E amar a vida através do trabalho, significa ser iniciado no mais íntimo segredo da vida."

 

Resumindo, as principais virtudes que o Arquétipo do Mago traz ao mundo são: a capacidade de comunicação, a habilidade de transformar o meio e o poder pessoal.

 

O Mago é um arquétipo que coloca a mente humana frente a todas suas potencialidades, e faz com que tudo saia do plano da idéias e se concretize.

 

Através do trabalho transforma todas essas infinitas possibilidades em probabilidades, para que possam realmente ser manifestadas na realidade. Assim, promove uma transformação em si e no mundo.
 

Características da personalidade:

 

Aspectos Luz:

•  São pessoas que sabem que a sua mente cria a própria realidade e usam deliberadamente esse poder.
•  São auto-confiantes, pois sabem de sua capacidade em transformar o meio ao seu redor e as situações para melhor, em seu poder de realização. 
•  Acreditam que já têm todas as ferramentas para o sucesso, só precisa organizá-las de uma forma mais eficiente.
•  Têm uma boa capacidade de se comunicar com as pessoas.
•  Têm grande capacidade de persuasão.
•  Por vezes têm tantas ideias que não conseguem colocá-las todas em prática. 
•  Têm forte ligação com a natureza e a consideram sua aliada.
•  Capazes de tornar a matéria algo espiritual, de sacralizar o que é profano.
•  Têm grande poder de cura.
•  Têm enorme capacidade de trabalho.
•  Possuem mente aberta para o novo.
•  Têm vontade de inovar e criar novos projetos
•  São excelentes empreendedores. 
•  São dotados de grande poder pessoal.

Aspectos Sombra:

•  Como têm grande poder de persuasão, tendem à mentira e à manipulação quando estão desequilibradas.
•  Impulsividade, agem sem pensar. Tomam decisões precipitadas que lhe custam a paz e dinheiro.
• Não dão sequência àquilo que iniciam (projetos, cursos, relacionamentos), gerando estagnação na vida.
• Podem se tornar procrastinadores, adiando a realização de suas tarefas.
• Podem ceder à preguiça, com tendência a permanecerem na sua zona de conforto.
• Podem se tornar egoístas, quando perdem a conexão com o sagrado da vida .
• Tendência à somatização (adoecimento) quando não usam seus poderes de cura.
• Podem trair aos demais e aos seus próprios ideais. 
• Solidão e depressão.

 

Orientação Vocacional

 

A pessoa regida pelo arquétipo do Mago pode encontrar grande satisfação profissional e sucesso financeiro em trabalhos como:
 

•  Jornalismo,

•  Publicidade,

•  Marketing,

•  Relações Públicas,

•  Corretagem de imóveis ou seguros,

•  Tradução e interpretação,

•  Vendas,

•  Hotelaria,

•  Jardinagem,

•  Paisagismo,

•  Projetos,

•  Arquitetura,

•  Terapias em geral,

•  Medicina,

•  Química,

•  Cargos de liderança.

Afirmação:

 

“Comunico-me com o mundo e expresso o meu ser em profunda criatividade. Meu trabalho é a transformação!''

Símbolos de poder:

 

Filmes e Séries:

 

Desenhos Animados:

 
 

Livros:

 

Músicas:

 

Mitologia:

Hermes e Exu.